Tudo sobre o novo Galaxy S III: especificações, hands-on e data de lançamento

Design

O forte esquema de segurança adotado pela Samsung impediu que o design verdadeiro vazasse antes do lançamento. Com bordas arredondadas e disponível em azul e branco, o novo smartphone é bem diferente dos aparelhos anteriores da linha Galaxy S. O novo Galaxy S III possui ainda 8,6 milímetros de espessura e pesa 133 gramas, então não deverá ficar desconfortável no bolso da sua calça, mesmo com a tela enorme.

Especificações

As principais especificações do Samsung Galaxy S III seguem abaixo:

– tela Super AMOLED de 4,8″ com resolução 720×1280 (306 ppi) e vidro Gorilla Glass 2
– processador quad-core Exynos 4 Cortex-A9 de 1,4 GHz
– 1 GB de RAM
– opções de 16, 32 ou 64 GB de espaço interno (com suporte a microSD de até 64 GB)
– câmera traseira de 8MP com flash LED e truques de software; filma em até 1080p
– câmera frontal de 1,9MP; filma em até 720p
– 3G / HSPA+ / 4G LTE
– Wi-Fi 802.11 b/g/n
– Bluetooth 4.0
– sensores incluem: NFC, GPS, acelerômetro, bússola digital, giroscópio, barômetro, sensor de proximidade e luz RGB
– suporte a DLNA e MHL
– bateria de 2.100mAh
– dimensões: 136,6 x 70,6 x 8,6mm
– peso: 133g
– cores: branco mármore e azul cristal

No hardware, este é basicamente um Galaxy X/Nexus com processador quad-core, tela Gorilla Glass 2 e bateria maior. Há mais avanços em relação ao Galaxy S II, no entanto – confira aqui nossa comparação completa.

A câmera também ganhou truques novos! Em termos de desempenho, ela é párea para a câmera do HTC One: praticamente não há demora entre apertar o botão e a foto ser tirada. A câmera pode tirar fotos enquanto você está gravando um vídeo (de até 1080p). Ela tira até 20 fotos sequenciais (a até 3,3 fps), e tem modo Best Photo: nele, a câmera tira oito fotos consecutivas e escolhe automaticamente a melhor para você.

E apesar do Ice Cream Sandwich ter sido modificado pelo TouchWiz, há muitas novidades bem além de retoques na interface – a parte mais interessante está no software.

As melhorias no Android

Entre as diversas novidades no software do Galaxy S III, duas se destacam: reconhecimento de voz e câmera frontal inteligente. O reconhecimento de voz do Galaxy S III atende pelo nome de S Voice: ele controla a área multimídia, eventos do calendário, SMS/MMS e outros recursos – e se não estivesse em um smartphone da Samsung, poderia muito bem se passar pelo Siri da Apple.

O Smart Stay, por sua vez, torna toques na tela menos comuns e necessários. Ele usa a câmera e o sensor de proximidade para antever ações do usuário: se você estiver lendo um livro, a câmera frontal rastreia seus olhos e passa as páginas automaticamente. E com o Direct Call, se você está trocando mensagens com um amigo, ao colocar o celular na orelha o Galaxy disca para esse amigo.

E há mais novidades. O Smart Alert exibe ligações perdidas e notificações quando você pega o celular de novo: através do acelerômetro, ele sabe quando você o segura. O Pop Up Play toca um vídeo no player padrão enquanto você roda outros apps – o vídeo fica por cima. O S Beam combina NFC e Wi-Fi Direct para compartilhar arquivos a até 300Mbps.

Recursos exclusivos

O Ice Cream Sandwich, na versão 4.0.4, foi personalizado pela Samsung com a interface TouchWiz, muito utilizada nos produtos da empresa. Para quem não gosta de modificações, a notícia não deve ter sido tão ruim. Há vários recursos úteis não disponíveis nos concorrentes e uma parceria com o Dropbox disponibilizará 50 GB de espaço por dois anos. Se você não se contenta com os 5 GB gratuitos do Google Drive, a vantagem pode ser bem chamativa.

S Voice, o assistente com reconhecimento de voz

Agora você pode mexer no GPS sem tirar as mãos do volante.

O S Voice é um assistente que reconhece a voz do usuário e executa tarefas como envio de mensagens de texto e emails, configuração de alarme e exibição de previsão do tempo, como o Siri, presente no iPhone 4S. O diferencial do recurso é a presença de um algoritmo que detecta, além da voz, seu rosto e seus movimentos, permitindo que o assistente funcione sem a necessidade de apertar botões.

Se o alarme tocar e você estiver com muito sono, diga “snooze” e o smartphone voltará a alertá-lo após um tempo pré-definido, o que deve aumentar consideravelmente os atrasos no trabalho. No momento, os idiomas suportados são: inglês (americano e britânico), coreano, francês, espanhol, italiano e alemão.

S Beam, para compartilhar arquivos de maneira rápida

Transferência de arquivos por S Beam: rápida.

A Samsung também implementou um recurso chamado S Beam, que permitirá transferências de arquivos com velocidades de até 300 Mbps. Para utilizar, basta aproximar dois smartphones que possuam a tecnologia e enviar o arquivo de um aparelho para outro. Funciona como Bluetooth, só que bem mais rápido. De acordo com a fabricante sul-coreana, é possível compartilhar um filme de 1 GB em apenas três minutos e uma música de 10 MB em dois segundos.

Disponibilidade

No evento de lançamento, a Samsung afirmou que o novo dispositivo estará disponível para venda em 145 países. A imagem abaixo revela que possivelmente São Paulo está na listagem de cidades que terão o dispositivo no lançamento mundial, em 29 de maio. Oficialmente, a Samsung Brasil disse que o novo Galaxy estará nas lojas no início de junho.

Hands-on

Galaxy S III.

Kat Hannaford testou o Galaxy S III e, para ela, “parece que o One X da HTC já está tremendo na base”. Ela aprova o foco no software:

Em vez de colocar um exagerado e bobo sensor de 16 MP na câmera ou afinar o aparelho para algo além das medidas do Motorola RAZR, a empresa focou a maior fatia da sua atenção em melhorar o Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) com recursos pra lá de bem-vindos e, em muitos casos, novos truques e adições que você não sabia que queria tanto antes de vê-los em ação.

Além disso, é bom ver que o S III ficou apenas 16% maior que o modelo anterior. O problema que notamos no hands-on é a qualidade de construção: “os produtos da Samsung sempre tiveram esse aspecto excessivamente plástico para o meu gosto”.

Os acessórios

O Galaxy S III não veio sozinho: a Samsung revelou os diversos acessórios disponíveis (separadamente) para o aparelho. São deznovidades, e os destaques seguem abaixo.

O Wireless Charging Kit feitiçaria das brabas permite carregar a bateria do Galaxy S III sem usar fios: basta deitar seu novo Galaxy na base, e ele carrega sozinho. A caneta stylus C Pen é capacitiva e “otimizada exclusivamente” para a tela do aparelho, com corpo de alumínio e ponta de borracha com 3mm de espessura. (Será que a C Pen será útil nas 4,8″ do Galaxy S III?) O dock com áudio valvulado também merece ser mencionado, prometendo alta qualidade de som estéreo com subwoofer, usando a tecnologia que já vimos em outro dock da Samsung.

A Samsung também divulgou três novas capinhas, outros docks, adaptador HDMI (o GSIII tem apenas saída microUSB) e o dongle AllShare Cast, que você liga à TV para ver o conteúdo do smartphone via Wi-Fi

Disponibilidade e preço

De acordo com a Samsung, o Galaxy S III começa a ser vendido no Brasil na primeira semana de junho. O mês de junho começa numa sexta-feira – um dia bem propício a novos lançamentos de celular. E assim como todos os produtos da Samsung, o Galaxy S III será fabricado no Brasil.

Mas quanto vai custar? A Samsung não informou o preço do Galaxy S III, mas apostamos que o preço fique, inicialmente, entre R$2.000 e R$2.300Fontes dizem à Info, no entanto, que o aparelho custará R$1.899 desbloqueado nas operadoras. Os outros flagships da Samsung, o Galaxy X e o Galaxy Note, hoje custam no varejo cerca de R$1.800.

Samsung e o foco “humano”

Como diz o Leo, a apresentação do Galaxy S III mostrou uma Samsung diferente: o foco está na experiência, não em “X vezes mais velocidade”. O novo slogan do aparelho é “designed for humans”. A ideia de “mais prático” e “integração natural” foram os focos de toda a apresentação da Samsung – que você confere abaixo. Provavelmente nunca houve uma apresentação de um smartphone Android que falou tão pouco sobre especificações e hardware.

Todo o foco em software da Samsung é um ótimo sinal para os usuários, mas talvez nem tanto para o Android. Já faz um bom tempo que a Samsung vem trabalhando com o TouchWiz não só como um redesenho para o Android, mas sim como uma plataforma maior, que engloba não só celulares – TVs também, por exemplo. Para o Android, o maior problema é que, tanto em smartphones quanto em tablets, as empresas que realmente dominam o mercado estãotransformando o Android, e criando seus próprios sistemas fechados

Samsung Galaxy Player, o concorrente do iPod

Reprodutor multimídia com tela de 5 polegadas e processador dual-core deve ficar restrito ao mercado sul-coreano.

 (Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

A Samsung anunciou nesta segunda-feira (5 de março) o lançamento do Galaxy Player 70 Plus, nova adição para a linha de reprodutores multimídia da empresa. Com uma tela de 5 polegadas e processador dual-core de 1 GHz, o produto já está disponível nas lojas da Coreia do Sul.

Características técnicas

  • Tela de 5 polegadas;
  • Processador dual-core com clock de 1 GHz;
  • Bateria de 2.500 mAh;
  • Câmera fotográfica de 5 MP;
  • 16 ou 32 GB de capacidade interna (expansível através de cartões de memória);
  • Sintonizador DMB terrestre;
  • Giroscópio integrado;
  • Conectividade Wi-Fi.

O novo dispositivo possui um visual bastante semelhante ao usado pelo smartphone Galaxy S II, com um display ampliado que facilita a visualização de vídeos e a navegação pela internet. O modelo de 16 GB é vendido por 399 mil won, enquanto o produto com 32 GB de armazenamento pode ser encontrado por 469 mil won.

 (Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

O gadget também inclui recursos responsáveis por auxiliar na educação dos consumidores, incluindo suporte a palestras da EBS e aplicativos como dicionários. Até o momento, não há qualquer perspectiva de que o Galaxy Player 70 Plus seja lançado em outros mercados além do sul-coreano.

Fonte: Tecmundo

O que esperar da CES 2012

Despedida da Microsoft, novo console da Nintendo e ultrabooks dominando. Confira tudo o que esperamos da maior feira de eletrônicos do mundo.

Entre os dias 10 e 13 de janeiro, ocorre em Las Vegas a maior feira de tecnologia do mundo. Na CES 2012 (Consumer Electronics Show), fabricantes e desenvolvedores devem apresentar os produtos e conceitos que vão fazer a cabeça dos consumidores durante todo o ano.

O Tecmundo estará nos Estados Unidos para cobrir tudo o que acontecer de mais interessante no evento, mas é claro que nós já temos algumas previsões sobre o que será apresentado lá. Confira agora quais são os anúncios mais prováveis a serem feitos na CES 2012.

O esperado Windows 8 e o adeus da Microsoft

Anunciado no ano passado, o Windows 8 teve uma versão para desenvolvedores liberada há alguns meses. Vários rumores apontam para o lançamento de uma versão Beta para usuários domésticos durante a CES 2012. Caso isso seja confirmado, você poderá testar o novo sistema operacional da Microsoft já no começo deste ano.

(Fonte da imagem: Reprodução/Product Reviews)

Vários bugs devem ter sido corrigidos desde a publicação anterior, permitindo que os usuários desfrutem de mais recursos, sofrendo com menos problemas de instabilidade. Apesar disso, a CES 2012 será um evento triste para os fãs da Microsoft (desenvolvedora responsável pelo Windows).

Ao que tudo indica, a partir de 2013 a Microsoft não fará mais parte da CES. Por essa razão, os novos anúncios de produtos da empresa devem ser feitos apenas em eventos próprios e outras feiras (que tenham datas mais parecidas com as utilizadas pela Microsoft).

O ano dos ultrabooks?

Já faz algum tempo que a Intel anunciou o incentivo à produção de um novo tipo de notebook, mais fino e energeticamente eficiente do que os outros. Os ultrabooks, como são chamados, utilizariam processadores verdes e armazenamento em SSD, para melhor desempenho. E caso nossas expectativas sejam concretizadas, na CES nós veremos muitos anúncios de ultrabooks.

Dell e Samsung já anunciaram que estão abandonando suas produções de netbooks para se dedicarem exclusivamente aos aparelhos ultrafinos. Até mesmo a AMD poderia estar investindo neste nicho de mercado, mas utilizando o nome “Ultrathin” para caracterizar os aparelhos.

(Fonte da imagem: Divulgação/Asus)

Como você pode ver, o assunto está quente no mundo todo e há grandes probabilidades de que os ultrabooks sejam mostrados por várias fabricantes (da mesma maneira que aconteceu com os tablets no ano passado).

Tablets: mais um ano de sucesso

No ano passado, quase todas as fabricantes de computadores apareceram com tablets na CES. O mercado que parecia ter sido aberto pela Apple com o iPad incentivou muitas empresas a produzir seus próprios aparelhos (sendo quase todos rodados com o sistema operacional Android).

Em 2012, ainda devem surgir muitos novos (e ótimos) aparelhos. Impulsionados pelas possibilidades dos processadores quad-core, os tablets Android devem ganhar novas versões muito mais poderosas do que as apresentadas no ano passado.

Não sabemos exatamente quais serão os modelos mostrados no evento, mas espera-se que Samsung, Toshiba, Motorola e Acer estejam entre as principais fabricantes. A Coby também prometeu cinco modelos diferentes para a CES 2012, o que nos dá margem para esperar vários novos modelos das outras empresas.

Smartphones cada vez mais poderosos

Já não é possível imaginar uma feira de tecnologia sem a presença de smartphones com ótimos recursos de hardware. Na CES 2012, isso não vai ser diferente e nós esperamos que muitos novos aparelhos sejam apresentados para a imprensa e para os consumidores.

A Sony deve oficializar o Xperia LT28at, smartphone que possui uma tela de 4,55 polegadas com resoluções de até 720p e câmera digital integrada de 13 megapixels, muito mais poderosa do que vários outros telefones que estão no topo do ranking de vendas atualmente.

(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Outra novidade incrível deve ser levada pela LG. Há rumores de que o primeiro smartphone com a nova geração dos processadores móveis da Intel vai ser revelado pela empresa. Contando com a microarquitetura Medfield, o dispositivo deve tentar utilizar o nome da Intel para impulsionar as vendas, visto que a LG está muito atrás de Samsung e Apple na disputa pelo mercado.

Televisores: será que o 3D decola?

Os televisores 3D ainda não convenceram, mas não é por falta de aparelhos anunciados. Durante o ano passado, surgiram uma série de eletrônicos com a tecnologia, incluindo video games (PlayStation 3 e Nintendo 3DS) e smartphones. Infelizmente, a qualidade das imagens mostradas ainda está bem aquém do que se espera.

Para a CES 2012, especula-se que novas tecnologias surjam, como a Ultra-D, que promete revolucionar os modos como funcionam os aparelhos 3D que não demandam óculos. Além disso, televisores comuns também terão destaque, como é o caso dos aparelhos OLED e 4K da LG.

Video games da oitava geração

Também há espaço para interatividade na CES 2012 e o maior exemplo disso são os video games. O Wii U (console anunciado no ano passado) deve poder ser experimentado pelo público e, assim, vai mostrar a todos o que podemos esperar da nova geração de plataformas da Nintendo.

(Fonte da imagem: divulgação/Nintendo)

Outra possibilidade (muito mais remota) é o anúncio do Xbox 720. Há rumores de que o novo video game da Microsoft será equipado com um processador hexa-core para muito mais potência. Será que ele será realmente mostrado na CES?

…..

Muitas outras tecnologias podem surgir no evento, que sempre reserva várias surpresas para todos. Fique atento aqui no Tecmundo porque na próxima semana estaremos em Las Vegas cobrindo tudo o que acontecer durante a CES 2012.

Fonte: Tecmundo

Painel de LCD transparente

A Samsung lançou, recentemente, um painel LCD transparente de 46 polegadas. Além da nítida evolução em relação aos monitores de LCD tradicionais, por ser transparente, esta nova invenção da sul-coreana promete usar apenas 10% da energia utilizada por produtos similares feitos em LCD.

Clearly-Ahead_2Monitor transparente é a aposta da Samsung para o futuro (Foto: Divulgação)

Como funciona essa tecnologia. Monitores LCD convencionais precisam dos chamados BLUs (Back Light Units), como uma fonte de luz para exibir as imagens. Sem isso, os monitores não exibem imagem nenhuma. A diferença entre esses monitores e o transparente é que estes não utilizam BLUs, ou seja, as fontes de luz são outras, como a luz solar e luzes internas de onde está se usando o monitor.

Então, o que fazer à noite? A Samsung projetou um BLU especial para este monitor, que pode ser ativado no escuro, exibindo as imagens. A previsão é que no evento CES 2012, que acontecerá em janeiro, este monitor transparente esteja disponível para teste dos aficcionados por tecnologia que estarão presentes por lá.

Clearly-Ahead_3

Linha Galaxy da Samsung ganha modelos mais populares no Brasil

A Samsung Brasil anunciou nesta quinta-feira (15) o lançamento de três novos smartphones da linha Galaxy. Os modelos Galaxy Y, Galaxy Y Pro e Galaxy W contam com características específicas para diferentes estilos de usuários, e já estão à venda nas principais lojas do país.

galaxy-wSamsung Galaxy W (Foto: Divulgação)

O Samsung Galaxy W possui um processador de 1.4 GHz single-core, conectividades 3G HSPA+ e Wi-Fi, tela de 3.7 polegadas WVGA, com resolução de 800 x 480; e sistema operacional Android 2.3. Sua câmera traseira tem 5 megapixels, com flash LED, mas há também uma câmera VGA frontal para videochamadas.

Como alguns modelos da Samsung, este aparelho possui o recurso AllShare, que permite que você envie vídeos, música e fotos do seu smartphone para a sua TV ou computador, via Wi-Fi (bem como permitir o controle de dispositivos com tecnologia DLNA pelo telefone). Seu preço sugerido é de R$ 999.

galaxy-y-proSamsung Galaxy Y Pro (Foto: Divulgação)

O Samsung Galaxy Y Pro é pensado para quem busca praticidade ao redigir mensagens nas redes sociais, ou que desejam combinar o uso profissional e pessoal em um mesmo aparelho. O modelo possui aplicativos dedicados para o mundo dos negócios, um teclado QWERTY físico e um editor para documentos da família Microsoft Office, o “Think Free”.

Além disso, o Social Hub Premium, que vem pré-instalado, é capaz de agregar seus e-mails, mensagens de texto e mensagens SMS em um único aplicativo, além de agregar as mensagens das suas redes sociais preferidas a partir da lista central de contatos.

O Galaxy Y Pro vem com o sistema operacional Android 2.3, e é mais uma opção que combina um teclado físico QWERTY com uma tela de toque. Sua tela tem 2.6 polegadas de tamanho, e a câmera traseira possui um sensor de 3 megapixels. Há conectividades 3G, Wi-Fi e Bluetooth, além dos recursos avançados para o ambiente corporativo, como o Exchange Active Sync, o Cisco Mobile e o Sybase Afaria. Seu preço sugerido de R$ 499.

galaxy-ySamsung Galaxy Y (Foto: DIvulgação)

Por fim, o Samsung Galaxy Y se destaca pelo design moderno e pela gama de recursos mais restrita, mas que torna o seu preço mais competitivo. O modelo possui um processador de 832 MHz, sistema Android 2.3 com a interface TouchWiz (a mesma do Galaxy S II), 180 MB de memória interna (expansível para até 32 GB com cartões microSD), câmera de 2 megapixels, e apenas 11.5 mm de espessura. Sua tela capacitiva e multitouch tem 3 polegadas e resolução de 240 x 320 pixels. Pelo hardware, ele pode até ser considerado uma evolução do bem sucedido Samsung Galaxy 5. Preço: entre R$ 359 e R$ 429.

Trollada marota da Samsung

Como a gente vem acompanhando a briga entre a Samsung e a Apple esta cada dia mais acirrada.

Dessa vez a gigante coreana deu uma cutucada de marota na empresa da maçã em referência vitória judícial em relação ao novo Galaxy Tab 10.1.

Agora, na Austrália, a empresa usou uma página inteira de um jornal para usar a guerra de patentes a seu favor: Galaxy Tab 10.1, “o tablet que a Apple tentou parar”.

Como disse o pessoal do MacMagazine, esse sim é um slogan forte: a Apple tem suas razões para tentar impedir a venda do Galaxy Tab, mas a Samsung pode muito bem usar isso a seu favor. Sem apelar e focar apenas em seu produto, os coreanos levantaram a questão: se a Apple quer tanto parar o Tab 10.1, ele deve ter algo de perigoso, não? Se isso é verdade ou não, já é outro papo, mas ponto para a Samsung pela boa sacada.

LEGO Galaxy SII

O sucesso do Samsung Galaxy S II e a certeza de que ele será um telefone com sistema operacional Android que não será extinto de uma hora para outra, como usualmente acontece com modelos do gênero, começou a trazer bons recursos a ele. Uma das mais novas opções para proteger seu smartphone Samsung de forma estilosa e (por que não) nostálgica é o Block Silicon Case.

Case de Lego para Galaxy S II (Foto: Reprodução)Case de Lego para Galaxy S II (Foto: Reprodução)

Moldado em silicone bastante maleável, esse case manterá seu telefone protegido de forma bem humorada, dando a ele o visual de uma grande peça de LEGO. Como visto em demais capas de celular, o Block Silicon Case possui aberturas para facilitar o acesso e uso das funcionalidades do aparelho, como microfone, lente fotográfica/vídeo, entrada para fones de ouvido e botão liga/desliga.

Outro bom aspecto deste case está na possibilidade de colocar seu telefone com a tela para baixo sem infringir danos à ela. Como a capa possui uma moldura frontal elevada, em locais planos, não há preocupação quanto ao aparelho entrar em contato com a superfície.

Porém, os fãs de LEGO que quiserem matar a saudade do brinquedo talvez fiquem um pouco desapontados ao perceberem que as partes-macho do Block Silicon Case não encaixam em pecinhas convencionais do brinquedo. Além disso, até o momento o case só recebeu medidas capazes de acomodar modelos japoneses do Galaxy S II (e não há previsão para telefones de outras regiões), mais grossos que os produzidos em outros países.

Se você possui um Samsung Galaxy S II japonês e deseja decorá-lo como uma peça de LEGO (nas cores azul, amarela, vermelha, rosa, branca ou preta), é possível garantir o seu Block Silicon Case por $12.80 no site da Strapya World.

Via Chip Chick

Samsung trolla fanáticos por Apple

A Samsung lança uma campanha na qual brinca com o empenho de clientes da rival Apple.

A peça “The Next Big Think Is Already Here” mostra pessoas na fila da rival a nove horas do “grande lançamento”, quando observam gente que está fora da fila se divertindo com seus aparelhos. Elas pedem para ver o celular e se surpreendem quando descobrem que ele é o Galaxy SII, da Samsung.

A iniciativa foi criada pela 72andSunny, que havia conquistado as manchetes na semana passada após a série de anúncios para Benetton que mostravam beijos na boca entre gente como Barack Obama e Hugo Chávez.

Para completar, a iniciativa tem um esforço online na página de Facebook da Samsung dos Estados Unidos, com a mensagem Stop Waiting (ou “Pare de Esperar”). A criação é da Deep Focus.

Com informações do Advertising Age.

Samsung colocará telas flexíveis no mercado em 2012

Alguns dos lançamentos que a Samsung prepara para 2012 deverão contar com um recurso que a concorrente Apple comprovadamente não tem em sua linha de produtos. A empresa deverá ser a primeira grande fabricante de tecnologia a oferecer dispositivos equipados com telas de LCD flexíveis. O anúncio aconteceu na semana passada, durante uma conferência de investidores da companhia.

Protótipos com telas maleáveis já foram apresentados pela própria Samsung, Toshiba e Sony em outras ocasiões, mas caberá aos sul-coreanos ter a honra de serem os primeiros a entregarem aparelhos equipados com a tecnologia às lojas.

A tecnologia que permitirá que a empresa tenha esta honra veio na bagagem da aquisição da da criadora de telas Liquivista, que aconteceu em janeiro deste ano. A empresa é especializada no desenvolvimento de novas tecnologias de tela e também experimenta na área de e-ink e displays com baixo consumo de energia.

Segundo Robert Yi, vice-presidente de relacionamento com investidores, a estreia da tecnologia acontecerá “a qualquer momento de 2012, provavelmente no primeiro semestre”, em muito provavelmente aparecendo primeiro em smartphones. “Mas tablets e outros dispositivos receberão o recurso logo em seguida”, completa.

Fonte: Ars Technica

%d blogueiros gostam disto: