Como cada geração usa a internet

Eu vi esse infográfico que o YouPix fez sou um maníacos eu não poderia deixar de compartilhar com vocês.

Infográfico confirma que publicitários não são pessoas normais

Eu já tinha certeza disso! Alias, eu nunca me considerei uma pessoa normal. A única coisa que não tenho certeza é se nós vivemos em uma bolha, ou se todos os outros é que não tem a capacidade de enxergar fora da bolha deles.

Agora a agência Heat lançou esse infográfico (mais um) para mostrar o que todo mundo (dentro da comunicação) meio que desconfia.

Então dá próxima vez que culpar os colegas por não terem prestado atenção no último post de alguma marca no Facebook, lembre-se que você não é normal.

Você ainda acha que jogos são brincadeira de criança?

Esse post foi indicado pelo Carlos Lustosa.

Se no Brasil o mercado de jogos ainda está plantando, lá fora as grandes produtoras gringas já estão colhendo maduro. Quem acreditava que jogos mobiles eram apenas tendência, pode se curvar e admitir que eles já são realidade, e com um baita potencial lucrativo. Vários fatores contribuem para o crescimento gigantesco dessa plataforma e do número de usuários que hoje gastam seu tempo e, principalmente, dinheiro para se divertirem em aparelhos que cabem dentro do bolso. Mas então como explicar ou, melhor, entender esse fenômeno e transformar todo esse potencial em oportunidade? Passeando pela internet encontramos um estudo interessantíssimo produzido pela Business Degree, com informações valiosas e que podem servir como resposta! Traduzimos o material e estamos compartilhando aqui pra mostrar que, sim, com “pequenos” jogos podemos fazer um grande negócio.

Confira:

Fonte: Monster Juice

The Avengers – Infográfico

Escolha o seu super herói favorito!

O que fazer quando a internet cair?

Imprima e memorize! Você pode precisar nos momentos mais inesperados!

7 invenções inúteis de videogames que existem de verdade

A nova geração de consoles no mercado faz sucesso e conquista adeptos a medida que novos títulos são lançados, mas não se engane, muitos desenvolvedores pegam carona e acabam criando “inovações” que não são exatamente o sonho de um gamer. O site Cracked fez uma interessante lista reunindo sete das mais esquisitas invenções no campo da ‘jogabilidade diferenciada’. Confira os itens que o Techtudo reproduz abaixo:

7. Metazoa Ludens – Não deixe o seu bichinho te devorar

Metazoa Ludens é uma tecnologia aplicável em games que faz com que humanos e animais interajam de divertidas e produtivas formas. Os resultados porém, podem ser um tanto exagerados. Um exemplo é o jogo Mice Arena, desenvolvido pelo Mixed Reality Labs. O game propõe que você e seu hamster compartilhem o mesmo espaço virtual. Enquanto o seu bichinho persegue um tipo de isca que você controla no mundo real por um computador, no jogo você se torna o objeto a ser perseguido por um hamster gigante. Isso é possível graças a uma série de sensores e câmeras acoplados. Veja o vídeo que demonstra este esquisito mecanismo:

6. Gnilley – Jogue gritando

Você costuma gritar enquanto joga? De frustração? De emoção? Não importa… Se a resposta foi sim, você com certeza vai gostar da proposta de Gnilley, jogado na base do grito. Não entendeu? Veja essa demonstração:

A interação é simples. Você caminha pela fase ao melhor estilo 8 bits, usando as direcionais do seu teclado e destrói os inimigos gritando o mais alto que puder no microfone do computador. Quanto mais alto você grita, mais rápido eles morrem. O jogo requer diferentes alturas de grito para cada obstáculo que as fases propõem. Se você ficar preso em alguma parte, não se preocupe. Este é o único jogo onde ficar frustrado apenas te ajuda a vencer.

5. Biotic Games – Os videogames vivos 

O conceito de ‘biotic games’ ou ‘biojogos’ consiste em que no lugar de pixels, as aventuras protagonizadas por você sejam feitas de organismos vivos – chamandos de paramecia – os quais você controla usando eletricidade. Por exemplo, no jogo Enlightenment você guia camarões de verdade em uma caixinha com o objetivo de acender todos os quadrados:

O que você vê é uma câmara de fluido carregada com um campo elétrico – na qual o jogador pode intervir mudando de positivo para negativo no seu joystick. A paramecia dentro da câmara reage à eletricidade indo na direção que você comanda. A câmara possui uma pequena webcam que transmite imagens para o computador em tempo real. Claro que não é um jogo comercial. Esse tipo de interação tem por objetivo ensinar crianças sobre processos biológicos. Mas com tantos consoles interessantes no mercado, será que eles conseguem atrair a atenção?

4. You’re in Control – controle o seu xixi You’re in Control (Foto: Reprodução)

isso mesmo. You’re in Contro um sistema de videogame totalmente operado pelo ato de urinar. Mais do que um mictório comum, ele possui uma série de sensores que medem a exata força e o local do xixi, traduzindo isso para ações em um joguinho montado na parede. O game é uma versão de Whack-a-Mole onde os hamsters ficam amarelos ao serem acertados. Bastante conveniente. Os desenvolvedores do jogo dizem ver o ato de fazer xixi como uma “atividade rica de significância social” e defendem a iniciativa dizendo que o jogo promove a limpeza porque encoraja as pessoas a “mirar” direito. Veja a demonstração:

3. Dark Room Sex Game – o jogo erótico sem imagens

No campo dos jogos eróticos, fomos agraciados com a invenção do Dark Room Sex Game. A proposta é muito simplória. Os jogadores se posicionam próximos a um altofalante que emite sons eróticos à medida que os desafiantes balançam seus controles de Wii:

Não existe tela, então. Para quem está fora do jogo, parece mais um tipo de simulador de tênis menos elaborado. Para vencer, basta seguir os sons e atingir o ritmo proposto. O game tem uma maneira bem característica de te avisar sobre o fim da partida.

Os desenvolvedores dizem que evitaram que o jogo fosse visual justamente para fazê-lo “mais erótico” e forçar os jogadores a “usar a imaginação”. Eles ainda admitem que se inspiraram na “forma fálica do controle de Wii”. Para eles, o objetivo principal do jogo é fazer os jogadores se sentirem embaraçados e satisfeitos ao mesmo tempo. Duas curiosidades: o jogo dispõe de um “modo orgia” onde dois casais competem para ver quem chega ao clímax primeiro. Ainda, Dark Room Sex Game foi feito para ser jogado com o joystick de Wii, mas, na verdade, é um jogo para PC.

2. Kiss Controller – o boliche do beijo 

Para os que pensavam que jogos de boliche haviam chegado ao limite com o Wii Sports da Nitendo, a artista Hye Yeon Nam mostrou que você pode fazer mais além do clássico movimento de arremessar a bola de boliche. Para isso, ela criou o boliche do beijo:

Um dos jogadores usa um headset, o outro tem um tipo de ímã na língua que precisa ser introduzido na boca do parceiro. Assim você precisa manter sua lingua o mais reta possível para manter a direção da bola, ao mesmo tempo em que precisa mexê-la o mais rápido que puder para aumentar a velocidade da bola.  Estranho o bastante para você?

1. Deep Sea – o claustrofóbico jogo de terror

Jogos que só se utilizam de audio não precisam ser só eróticos, também podem ser apavorantes. Deep Sea é um bom exemplo. Para começar, você precisa usar uma máscara de gás. Você não vê nada, apenas ouve sons assustadores vindos do headphone da máscara que inibe todos os sons externos do lugar onde você está.

Em Deep Sea, você está embaixo d’água e cercados de creaturas que vêm de todos os lados na sua direção. A inteligência artificial do jogo te diz de onde estão vindo os monstros, mais ou menos, e você tem que tentar atirar neles com seu joystick. Se acertar, você ouve um grito, se errar ouve o barulho de “tiro na água” e o seu próprio grito.

Quanto mais assustado você fica, mais difícil o jogo se torna, já que ele rastreia sua respiração. O jogo é extremamente claustrofóbico, e isso é intencional. O criador do jogo admite que “é para ser uma difícil, frustrante e assustadora experiência”.

Matéria: Techtudo

Infográfico: Geração C – “connected collective”

Um infográfico sobre o perfil da Geração C – Conectada, Colaborativa e de Conteúdo. Quem são, afinal, estes nativos digitais? A Geração C (letra que vem de “Connected Collective”) não é composta por um grupo que nasceu em determinada década. Essas pessoas podem ter entre 9 ou 39 anos. O que elas tem em comum é a importância das mídias sociais em sua vida!

Fonte: Gaia Creative

Os bat-acessórios do Homem Morcego

O Batman é um dos super-heróis que eu mais gosto. O Super poder dele é um dos melhores… ser rico!

Este infográfico mostra um pouco dos bat-gadgets do cavaleiro das trevas.

Os motivos que o tornam tão querido pelos fãs são diversos. Alguns dizem ser sua história dramática, enquanto outros apostam em sua galeria de grandes vilões, como o Coringa e a Mulher-Gato. No entanto, todos concordam que um dos principais pontos que tornam o Homem-Morcego tão adorado é seu pé na realidade.

Enquanto outros personagens se aproveitam de poderes vindos de aranhas radioativas ou de uma origem alienígena, Bruce Wayne não usa nada além de seu intelecto e força física. Isso, aliado a senso rígido de justiça e a alguns milhares de dólares, faz com que tenhamos um herói que, guardada as devidas proporções, poderia muito bem existir fora das páginas dos quadrinhos.

Mas você sabe exatamente como é que o Batman consegue derrotar inimigos tão poderosos utilizando apenas tecnologia, inteligência e aquela ajudinha básica do roteirista? Pois decidimos revelar quais os segredos que Bruce Wayne esconde sob o manto do morcego e mostrar os verdadeiros “poderes” do Cavaleiro das Trevas.

Capuz

Mais do que simplesmente ocultar a identidade de um milionário excêntrico que se veste de morcego todas as noites, o capuz usado por Batman possui outras finalidade muito interessantes. A primeira é ajudá-lo na comunicação com seus parceiros, seja a Oráculo ou a Liga da Justiça, a partir de um comunicador localizado na parte interna da vestimenta, na altura de seus ouvidos.

Esse dispositivo funciona a partir de uma frequência de rádio captada por um pequeno sensor posicionado na ponta de seu chifre, que funciona como uma espécie de antena. Juntamente com ele, há um microfone que aprimora sua audição e que, em algumas situações, pode funcionar como um sonar.

Seus olhos também contam com uma ajuda extra. Em vários momentos de sua historiografia, Wayne utilizou lentes especiais no capuz para fazer com que sua visão fosse além do alcance. Seja com visão noturna, com o sonar magnético de “Batman: O Cavaleiro das Trevas” ou com a realidade aumentada para atividade forense do game Arkham Asylum, o Homem-Morcego sempre tem um truque reservado para melhorar seu sentido.

Mas como tudo isso se mantém inteiro em meio à pancadaria? Em várias histórias, os roteiristas explicam que sua máscara é feita de uma fibra especial que absorve o impacto dos combates, não danificando os equipamentos eletrônicos instalados.

Uniforme

Eis a parte mais polêmica de todo o bat-traje. Isso porque o personagem alterou seu uniforme diversas vezes ao longo de seus mais de 70 anos de existência, o que significa que características foram adicionadas e removidas à medida que um novo roteirista passava por suas histórias.

É por isso que optamos pela recente adaptação cinematográfica, em que o diretor Christopher Nolan mostra que, para enfrentar criminosos barras-pesadas como os existentes em Gotham City, nada mais justo que utilizar uma combinação de placas Kevlar com uma cota de malha com fibra de titânio. Isso significa que, apesar de um pouco pesado, o herói tem a resistência necessária com a mobilidade exigida para distribuir socos e chutes — além de conseguir fazer baliza no Batmóvel quando for preciso.

Luvas, botas e capa

Eis dois acessórios que, à primeira vista, parecem detalhes meramente estéticos. Por que usar uma capa se não voa ou uma luva se ele não faz nada além de socar palhaços e pinguins? A resposta é bem mais óbvia do que parece.

Como os últimos filmes nos explicaram, a icônica capa também ajuda o herói a planar pelos céus de Gotham, criando uma entrada em cena muito mais assustadora e impactante no caso de você ser um bandido. Para isso, o tecido utilizado nas “asas” utiliza uma propriedade especial que faz com que elas se enrijeçam ao receber um impulso elétrico originado das luvas do personagem.

Além disso, suas mãos também guardam outros acessórios muito úteis, como um pequeno computador de pulso — um super-smartphone, se preferir — que permite que ele acesse dados da Bat-caverna, além de controlar seu carro remotamente.

Por fim, temos suas botas. Embora pareçam ser apenas um calçado normal, elas também têm seus segredos — afinal, estamos falando do Batman! Elas são revestidas de ferro em determinadas partes, oferecendo mais potência aos seus chutes. Há também um dispositivo em seu calcanhar que emite sons em frequências altíssimas e atraem morcegos onde quer que o herói esteja — o que é uma ajuda e tanto na hora de atordoar o inimigo.

Cinto de utilidades

O mais famoso acessório do Homem-Morcego é também seu maior segredo. Ao longo da famigerada série dos anos 60, o herói tirava todo tipo de equipamento de seu famigerado cinto de utilidades, indo desde cartões de crédito a sprays contra tubarões. Quem não se lembra da icônica pergunta: “Batman, de onde foi que você tirou esse escudo”?

Porém, ao contrário do que muita gente imagina, não há nenhum mistério que faça tudo quanto é tipo de artimanha caber em torno da cintura de Bruce Wayne. O grande ponto é que o herói sabe se preparar muito bem antes de partir para a batalha, analisando os desafios que ele provavelmente enfrentará e quais bugigangas lhe serão úteis.

Em nossas pesquisas, levantamos mais de 40 equipamentos que Batman já usou em suas histórias, incluindo objetos bem particulares — como um anel de Kryptonita para o caso de um confronto com o Superman — e outros de uso mais corriqueiro. Entre seus principais acessórios, há uma vasta lista de bombas, kits de análise forense e investigação e os famosos bat-bumerangues.

Além disso, ele também possui uma arma especial que se prende ao cinto por meio de magnetismo. No entanto, como o herói se comprometeu a nunca matar um oponente, a pistola não é letal e possui várias finalidades de acordo com a situação, já que ela foi desenvolvida de modo que o Cavaleiro das Trevas pudesse adaptar sua utilização de acordo com sua necessidade.

Com isso, ela pode tanto arremessar cabos de aço para que o personagem escale prédios quanto disparar descargas elétricas ou granadas criogênicas para congelar seus inimigos. Como dito anteriormente, o Batman é conhecido exatamente por saber lidar com diferentes tipos de situações e lidar com elas com facilidade.

Um herói de muitas faces

É claro que o traje descrito aqui pode ser visto como o “pretinho básico” do Homem-Morcego, aquele com o qual ele sai todas as noites para vigiar Gotham. Contudo, para enfrentar vilões que vão desde um palhaço assassino como o Coringa a uma ameaça intergaláctica como Darkseid, Bruce Wayne precisa se valer muito de seus poderes: o intelecto avançado, o duro treinamento com a Liga das Sombras, o dinheiro praticamente infinito e, é claro, a sagrada ajuda dos roteiristas da DC Comics.

Fonte: tecmundo

101 Curiosidades sobre Games.

 

Lista muito interessante que vi no site Uhull S.A.

 

101 – Explorando uma série de bônus, é possível terminar Super Mario 64 com apenas 1 estrela. O normal seria com no mínimo 70 estrelas

100 – Megaman é azul graças ao NES ter uma limitada ter uma limitada variação de azul para exibir.

99 – ICO era inicialmente pra PS1. E inicialmente quem iria ter um par de chifres seria a menina Yorda.

98 – A face de Max Payne é modelada com base na face de Sam Lake, quem escreveu a história do jogo.

97 – O jogo Mercenaries conta com Han Solo e Indiana Jones como personagem destraváveis.

96 – Durante a produção de Forza 2, a equipe de Forza 2 teve um total de 41 multas por alta velocidade.

95 – Metropolis Street Racer foi lançado 3 vezes no Dreamcast, graças a vários erros do jogo.

94 – The Sims ficou 82 semanas no Top 10 de venda dos EUA

93 – O jogo mais vendido de Gamecube foi Super Smash Bros Melee com 6 milhões de unidades vendidas

92 – O “speed-up” dos inimigos de Space Invaders não foi intencionalmente programado para ser assim.

91 – Antes de trabalhar na Nintendo, o antigo presidente da Nintendo trabalhou numa empresa de táxi e num motel alugando quartos por hora.

90 – Lembra do Chainsaw Controller de Resident Evil 4? Um katana controller também foi liberado para Onimusha 3, e tinha quase um metro de comprimento.

89 – Um gibi spin-off de Killzone iria ser lançado, mas acabou não sendo pois quem iria publicar faliu.

88- o Xbox iria ser chamado inicialmente de DirectX-box.

87 – Somente 2000 unidades do jogo Steel Battalion, desenvolvido pela Capcom e que vinha com um controle de 40 botões, foram disponibilizadas.

86- Em Hitman 2, em um dos níveis há uma caixa de pizza que está escrito em dinamarquês: “A pizza real com m3rd@ nela.”

85 – A soundtrack oficial de Okami tem o conteúdo de 5 cds.

84 – Em Flatout 2 havia 5000 objetos destrutíveis em cada circuito.

83 – Inicialmente os binóculos de três olhos de Splinter Cell foi rejeitado por Tom Clany, pois reunia ao mesmo tempo proteção térmica e visão noturna.

82 – John Romero colocou sua Ferrari na Ebay em 2002, com uma modificação que permitia que o motor fosse modificado por um laptop.

81 – Os Chain Chomps em Mario foram inspirados em uma cão acorrentado do vizinho na infância de Miyamoto.

80- No lançamento americano do RPG do Gameboy Final Fantasy Legend II, o procedimento de censura contou o fato do jogo ter bananas com efeitos morais.

79 – Cada um dos 700 carros de Gran Turismo 4 foram analisados um mês para o designer criá-lo.

78 – Quase 5000 jogos foram mostrados na E3 2004. 1000 deles eram lacrados, e 16% eram softwares educacionais.

77- Possuir uma cópia de Manhunt na Nova Zelândia é um crime.

76- Saints Row tem 130 estações de múscias licenciadas, incluindo 40 de música clássica.

75- Todos os “carrier pigeons” são nomeadas com base nas mulheres os filmes de James Bond 007.

74- O jogo Psychonauts vendeu 90000 contando todas as versões(PS2, Xbox e PC).

73 – “J Allard” é o nome verdadeiro de J Allard. Foi modificado de James Allard.

72 – Resident Evil Zero é o único spin-off de RE que foi lançado para apenas uma plataforma(Gamecube)

71-Splinter Cell:Chaos Theory foi banido na Coréia do Sul, graças à parte em que há a destruição de Seoul, sua capital. Entretanto, ele foi liberado no fim de 2006.

70- Na Inglaterra, Rayman é o jogo mais vendido de PS1.

69- Embora você os vê raramente, Yoshi tem dentes.

68- Capcom é a abreviação de “Capsule Computers”

67 – As letras das canções de Loco Roco fora usados com jargões, de modo que nunca a entendam.

66 – Em 2005, a Sony contratou pichadores de graffiti para promover o PSP. Na verdade, mtas pessoas acabaram desistindo de comprar por isso.

65 – Atualmente, 24% dos gamers americanos têm mais de 50 anos.

64- Alongside Pandemic?s Full Spectrum Warrior, uma versão avançada de Full Spectrum Command, foi desenvolvida para o exército, e nunca foi liberada para o público.

63 – Terry Butcher, atual dirigente, deu o comentário que inaugurou Pro Evolution Soccer em 2001.

62- Final Fantasy tem esse nome graças ao criador da série, Hironobu Sakaguchi, e foi criado com o restante do dinheiro de vários projetos mal sucedidos.

61 – A tradução de Nintendo é “leve sorte aos céus”

60- A equipe de desenvolvimento responsável por fazer o port de Resident Evil 2 para o N64, atualmente trabalha na Rockstar.

59-O programador de Doom, John Carmack, é voluntário da Armadillo Aerospace, uma companhia dedicada ao vôo.

58- É verdade que há um jogo chamado Communist Mutants from Space.
É um clone de Space Invaders lançado para o Atari em 1982.

57 – No épico Shadow of Rome, há um bônus chamado “Urine Trouble”, usado para atacar alguém que perde o controle da sua bexiga.

56- Steve Downer, o dublador de Master Chief, é DJ de uma estação de rádio em Chicago.

55- No Japão, quatro títulos de Dreamcast foram lançados em 2007.

54- A arma mais poderosa em Bad Day L.A.? Cortador de unhas.

53- Um certo soldado em God of War usa o grito de Wilhelm, um efeito usado em filmes há 50 anos. Metal Slug, Lost Planet

52 – No Japão, o lançamento de Viewtiful Joe foi chamado de “A New Hope”, graças ao Star Wars Episode IV.

51 – O tamanho “inflado” dos peitos de Lara Croft é resultado do desenhador Toby Gard que ajustou acidentalmente a o volume dos peitos em 150%, depois outros designers viram, gostaram e decidiram colocar como estava.

50 – Um jogo no Animal Crossing do Gamecube pode durar até 29 anos reais.

49 – O jogo Pikmin foi nomeado com o nome do cão de Miyamoto.

48 – Outrun apareceu em 19 diferentes formatos.

47 – Um total de 57 jogos foram lançados para o N-Gage.

46 – O sucesso de The Sims fez os desenvolvedores colocarem a língua do jogo até em ucraniano, Navajo e Tagalog.

45- No nível Metropolis de Halo 2, uma bola de futebol americana pode ser encontrada no alto do prédio.

44-Na primeira aparição de GTA(E3 1997), foi dito que poderia dar uma volta na cidade em três minutos.

43 – Quase a metade do conteúdo de Oblivion:IV é de diálogos.

42 – David Hayter, dublador de Snake em Metal Gear Solid 4, escreveu o screenplay para o filme X-Men

41- Em 2001, um grupo de estudantes criou uma versão de Pong, que quem perdia, levava um choque elétrico.

40- No estágio avançado de desenvolvimento de Final Fantasy XII havia planos de co-op de 2 jogadores.

39-Keita Takahashi, diretor do Katamari de Katamari Damacy, cita Picasso e “Little Shop of Horrors” como inpirações.

38-O ex-presidente da Nintendo, Hiroshi Yamauchi, possui uma parte majoritária do time de beisebol Seattle Marines, que atualmente també tem como dirigente Howard Lincoln, chefe da Nintendo of America.

37- De acordo com a Entertainment Software Association, a média de idade dos gamers americanos é de 33 anos.

36-Gran Turismo 2 teve 650 carros.

35 – O primeiro jogo de Dinasty Warriors era um beat”em up.

34 – O nome de desenvolvimento de Half-Life era Quiver.

33 – O jogo de PS2 Asterix & Oberix XXL tem mais de 100 imitações/trocadilhos de títulos/personagens gamísticos, incuindo Pac-Man, Tetris, Tomb Raider, Street Fighter e Super Mario Sunshine.

32 – Nintendo nunca deu um sobrenome oficial a Mario, mesmo que “Mario Bros” sugira que seja “Mario Mario” o nome completo.

31 – Lara Croft inicialmente era pra ser chamada de Laura Cruz.

30 – Antes de trabalhar em clássicos como Outrun,Shenmue e Virtua Fighter, Yu Suzuki era dentista.

29 – Inicialmente o personagem principal de Psychonauts era um avestruz.

28 – O presidente da Nintendo of America, Reggie Fils-Aime, antes era diretor sênior de marketing nacional da rede de pizzarias Pizza Hut.

27 – Em Animal Crossing 64, nunca lançado fora do Japão, você tem que configurar a hora e a data toda vez que se inicia o jogo.

26 – ICO é uma gíria que em japonês significa “vamos lá”(let”s go)

25 – Elder Srolls III tem um caranguejo falante secreto afastado em uma pequena ilha.

24 – Halo 2 é o jogo mais vendido do Xbox, com 8 milhões de cópias vendidas, logo seguido por Halo:Combat Evolved com 5 milhões de cópias vendidas

23 – The Guy Game, ,jogo-quiz baseado nas mulheres que piscam seus peitos, que iria ser lançado apenas no Estados Unidos para PS2 e Xbox, foi banido.

22 – Red Dead Revolver foi feito originalmente pela Capcom, mas a franquia foi vendida para a Rockstar.

21 – Fable tem um túmulo com o nome de Peter Molyneux.

20 – Fifa 2001 é o primeiro e único jogo a usar o CD “scratch and sniff”, que teoricamente tinha uma tecnologia que dificultava riscos.

19 – Everybody Love Katamari tem um nível bônus em que se tem que coletar um milhão de rosas.

18 – Em 1995, a Nintendo cancelou 100 títulos que estavam sendo desenvolvidos para o Virtual Boy.

17 – Michael Jackson, em diversas formas, apareceu em Sonic 3, Ready 2 Rumble Round 2, Space Channel 5 1&2, GTA Vice City e obviamente, Moonwalker.

16 – Há 504 partes de equipamento em Final Fantasy X.

15 – Guy Cihi, que jogou Silent Hill 2 como James Sunderland, é um grande capitalista que falou para a filha jogar o jogo pois era “diferente”

14 – Em Doom 3 há uma referência a Brit.

13 – O primeiro Easter Egg nos videogames foi achado em Adventure para Atari 2600, aonde o jogador pode acessar uma sala em que aparece o criador do jogo.

12 – Um número de seis dígitos pode ser encontrado no Scorpion em Halo, que é a data de nascimento do diretor de arte do jogo, Marcus Lehto.Suais iniciais também aparecem nos pés de Master Chief.

11 – No jogo original de arcade Donkey Kong, Mario era chamado de Jumpman e não era um encanador, e sim um carpinteiro.

10 – No RPG nunca lançado fora do Japão Metal Saga, se poderia acessar as cenas finais da cutscene de introdução.

9 – A personalidade mais estranha dos videogames? Iria ser Alien Hominid em um episódio de The Sopranos.

8 – O jogo de ação com robôs Armored Core Nine Breaker tem um modo de treinamento que conta com 150 lições.

7 – O primeiro produto lançado pela Sony foi uma panela elétrica.

6 – Sega Space Channel 5 fez a Sega levar um processo porque havia muitas similaridades entre uma senhora chamada Kier, que tinha muitas similaridades com a personagem Ulala. E perdeu.

5 – Os títulos que não foram lançados da série Oddworld incluem Hand of
Odd, Squeeks Oddysee e SligStorm.

4 – A máxima pontuação possível em um jogo é em Pac-man, em que se pode pontuar até 3333360 pontos

3 – “God Hand´s Chihuahua race” conta com um cachorro chamado Mikami”s Head, fazendo alusão ao criador de Resident Evil, que disse que iria cortar a cabeça se Resident Evil 4 fosse para o PS2.

2 – O jogo de Megadrive 32x cancelado Ratchet&Bolt tinha 32 screens liberadas, e 32 armas.

1 – A área jogável de GTA San Andreas é de aproximadamente 27 quilômetros. É cinco vezes o tamanho de GTA:Liberty City e quatro o de GTA: Vice City

Tudo o que acontece na internet em 24 horas

Você já parou para imaginar quantos emails e tweets são enviados por dia? Ou quantos vídeos são vistos? Os números são simplesmente incríveis!

%d blogueiros gostam disto: