Finalmente chegou o “Dia da Toalha”!

Caros maníacos, o Dia da Toalha foi criado em 2001 pra homenagear Douglas Adams, um excelentíssimo autor de obras de ficção científica. A série de livros do “O Guia do Mochileiros das Galáxias” é a mais famosa de suas obras e diz que, em sua viagem pelo espaço, você pode esquecer de tudo, MENOS DA SUA TOALHA. Diz ele:

A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoalvemente limpa.

CRONOLOGIA
Quer ser respeitado? Ande com sua toalha por aí! Não quer parecer louco? Faça isso apenas no Dia da Toalha. Mas como se deu a criação da data? Vamos para os fatos:

  • 11 de maio de 2001 – Douglas Adams vira uma estrela (pegou?)
  • 14 de maio de 2001 – Um fã do autor e usuário do fórum www.binaryfreedom.com (já desativado), sugere a criação de uma data pra homenagear o autor, veja print abaixo.
  • 16 de maio de 2001 – A idéia começa a se espalhar
  • 25 de maio de 2001 – Acontece o primeiro DIA DA TOALHA. \o/

COMEMORANDO O Dia Da Toalha!
Ok, mas como se comemora essa meleca? Fácil! Você comemora o Dia da Toalha como diz o nome apenas levando uma toalha com você o tempo todo (para caso de eventuais viagens surpresa pela galáxia, é claro) sem medo do ridículo de ser feliz.

Registrar o feito e espalhar por seus perfis em redes sociais, Flickr, Youtube e blogs também vai bem. No Twitter, a idéia é que você mude seu avatar para uma foto sua acompanhado de uma toalha. USE A IMAGINAÇÃO e a hashtag #diadatoalha!

O site oficial gringo é o Towel Day e ele lista todas as comemorações que rolam ao redor do mundo de acordo com cada país, dá uma olhada aqui.

E NÃO ENTREM EM PÂNICO!

Microsoft lança a Socl, sua nova rede social

Produto destinado a estudantes não tem o objetivo de concorrer com o Facebook e o Google+

Rede social misturada com pesquisa é a nova aposta da Microsoft. (Fonte da imagem: Reprodução/Socl)

Sem fazer alarde, a Microsoft lançou na madrugada de hoje sua nova rede social, batizada de Socl. Imagens do novo projeto da empresa ainda em versão Beta já haviam sido reveladas no final do ano passado, e agora a empresa anuncia a versão final do produto.

O projeto foi desenvolvido pela FUSE Labs, um centro de pesquisa da Microsoft voltado para o desenvolvimento de produtos sociais. De acordo com o próprio site da rede social, o foco é “explorar as possibilidades de pesquisa social para fins de aprendizagem”. Já o slogan fala de “uma nova experiência de pesquisa para estudantes”.

Segundo a própria Microsoft, a Socl (pronuncia-se “social”, em inglês) combina rede social e pesquisa para ajudar as pessoas a encontrar e compartilhar páginas de web interessantes do mesmo jeito que alunos fazem quando trabalham juntos. Para incentivar a interação e a colaboração, a Socl oferece compartilhamento de “mensagens elaboradas” e vídeos em tempo real.

Convivência pacífica

Ao contrário do que algumas pessoas imaginaram anteriormente, o objetivo da nova rede social da Microsoft não é concorrer com Facebook ou Google+. “Esperamos que os alunos continuem usando Facebook, Twitter, Linkedin e outras redes sociais existentes, bem como o Bing, Google e outras ferramentas de pesquisa”.

A gigante de Redmond quer encorajar os alunos a reinventar a comunicação diária e as ferramentas de aprendizagem, melhorando a pesquisa, o aprendizado e o compartilhamento de suas vidas cotidianas.

A experiência de pesquisa na Socl será fornecida pelo Bing, e será possível fazer login na rede social com sua conta do Facebook ou da Microsoft . Por enquanto, a Socl está apenas cadastrando pessoas em sua lista de espera.

Fonte: Socl

Nave de Star Trek pode salvar programa espacial americano

Conhecido apenas como “BTE-Dan”, este engenheiro sugeriu a construção da Enterprise, tradicional nave da série de TV e cinema Star Trek (Jornada nas Estrelas). Na última semana, entrou no ar o site Build The Enterprise, convocando a população americana para se mobilizar a favor do projeto. O objetivo deste plano é um só: criar uma versão real da USS Enterprise nos próximos 20 anos. A nave teria gravidade artificial, propulsores de ion e reatores nucleares. Com ela pronta, seria possível chegar a Marte em uma viagem de três meses.

Este é um rascunho de como seria a Enterprise da vida real (Foto: Reprodução)Este é um rascunho de como seria a Enterprise da vida real (Foto: Reprodução)

O autor não é considerado um “expert” no assunto, mas fez bem o dever de casa e revelou diversas fontes e áreas de pesquisa que podem ser úteis para quem se arriscar a desenvolver o projeto, incluindo seus custos. Afinal, não há como se construir algo baseado somente em um filme. Segundo ele, é preciso ter uma visão um pouco maior.

“É preciso observar de uma forma diferente o que queremos fazer ao mandar o homem ao espaço. Além disso, acredito que se vamos pedir às pessoas que ajudem a financiar isso, tem que ser um projeto com o qual os americanos se identifiquem e se inspirem”, explicou Dan.

O curioso é que o projeto, de fato, foi levado a sério por muita gente. O Build The Enterprise recebeu um número tão grande de visitas, que saiu do ar no último fim de semana. O autor da ideia, inclusive, lançou uma seção de perguntas e respostas para interagir com os visitantes interessados no projeto.

Via The Verge

Facebook inicia oferta pública a 38 dólares por ação

Facebook anunciou hoje o valor da sua oferta inicial de ações, entrando oficialmente na bolsa de valores. Cada ação vai ser vendida por US$ 38 sob o símbolo “FB” e esse valor por ação deve levantar estimados US$ 16 bilhões, o que deixa a rede social valorizada em 104 bilhões de dólares. Ao todo o Facebook vai oferecer mais de 412,2 milhões de ações classe A nessa sexta-feira (18), com outras 82 milhões sendo adicionadas na próxima quarta-feira (23).

Com esse valor, o Facebook também torna a sua oferta inicial de ações a maior da história para uma empresa ligada à web. O recorde anterior era do Google, que estreou na bolsa em 2004 e foi avaliado na época em 23 bilhões de dólares.

Para quem escolher investir na empresa e comprar ações, os analistas sugerem que elas vão se valorizar em 40% inicialmente. Para comemorar a entrada do Facebook na bolsa Nasdaq, o CEO da rede social, Mark Zuckerberg, vai soar o gongo que dá inicio à oferta de ações na manhã dessa sexta-feira.

Vagas abertas no Brasil

Desde agosto o Facebook já tem um escritório no Brasil e parece que eles estão se expandido: a rede social está contratando em oito áreas diferentes, desde contabilidade e vendas a recrutamento de pessoal. Nessas áreas, o Facebook procura profissionais para gerenciamento de contas, analista de tendências, soluções de mídias e vários outros. Saiba mais detalhes das vagas no Facebook.

Vale ressaltar um detalhe: quando estava escrevendo essa pauta, baseada nesse post do blog do Estadão, haviam 12 vagas disponíveis. Conferi novamente o link antes de publicar o post e percebi que agora tem 11. Então corre que as vagas estão sumindo mais rápido do que pão quente.

É por isso que câmeras Leica custam tão caro

Semana passada, além de uma câmera digital maluca que só tira fotos em preto-e-branco, a Leica anunciou o lançamento de uma versão especial da câmera M9 para a marca de luxo Hermès. Ela vai custar inalcançáveis US$25.000 – e este vídeo consegue explicar, em parte, o motivo.

O vídeo se concentra na colaboração com a Hermès, mas ajuda a explicar porque toda câmera da Leica tem um preço tão alto: há todo um cuidado dispensado a todos os componentes na hora de montar os dispositivos, e todo o processo parece tão… humano. Isto não é produção em massa, é artesanal – até mesmo a fabricação de lentes, que já vimos antes.

Se é o bastante para justificar a compra da Leica M9-P Edition Hermès, com sensor full-frame de 18 megapixels? Aí são outros quinhentos.

Fonte: Leica via The Verge

Kopismismo realiza seu primeiro matrimônio

O Kopismomismo (kopimism) é a religião do compartilhamento de arquivos. Inclusive quando foi reconhecida como religião oficialmente eu publiquei aqui.

Talvez de todas as religiões existentes essa seja a única que faça algum sentido realmente a que tenha mais afinidade comigo. Não toa o  nome do site é “The Share Maniacs” (Os maníacos por compatilhar / compartilhamento).

Em resumo a Igreja do Kopimismo foi criada por um estudante de filosofia de 19 anos, Isak Gerson e foi aprovada no começo do ano por autoridades suecas como uma religião de verdade (esqueça a ironia dessa parte) e milhares de pessoas pelo mundo todo estão “aderindo” a religião que prega que os recém casados devem “se copiar e remixar suas células de DNA e criar um novo ser humano.” [Não é genial?]

Apesar de não cultuarem um deus específico nem mencionarem nada no site oficial, o “deus” maior deles na verdade são dois símbolos. O CTRL+C e o CTRL+V.

Essas são algumas das ideias da igreja:

  • A cópia de informações é éticamente legal.
  • Copymixing é um tipo de cópia sagrada, mais do que perfeito que é a cópia digital porque isso expande e aumenta a riqueza de informações
  • Copiar ou remixar informações de outras pessos é visto como um ato de respeito e forte expressão de aceitamento da fé Kopimistica
  • A internet é sagrada.
  • O código é a lei.

Véi, na boa… veja o vídeo e tire suas conclusões…

Tava reparando aqui:

  • O padre tá com a máscara do Guy Fawkes.
  • A noiva tá usando um vestido meio preto meio branco.
  • O noivo tá usando uma roupa estilo Elisabetano.
  • Ele tem o cabelo vermelho/laranja.
ESSA É A IGREJA MAIS DAORA DO UNIVERSO. Pena que ainda não tem no Brasil. Mas com certeza que eles vão precisar de pastores, missionários, padres, servos do ctrl+c, ctrl+v pra ajudá-los nessa missão divina. Eu mal posso esperar para me cadidatar… Será que encontro uma maníaca com os mesmos pirncípios???
Fonte: YouPix

Como ficar bêbado sem tomar uma gota de álcool sequer?

Inventores desenvolvem spray que promete embriagar instantaneamente.

O que você acha de ficar “alegrinho”, mas sem ter que ficar se enchendo de bebidas e, o melhor de tudo, com direito a controlar o tempo do porre — sem sofrer com efeitos colaterais? Esse produto já existe e se chama WA|HH Quantum Sensations.

De acordo com o Daily Mail, o cientista David Edwards e o designer Philippe Starck desenvolveram o produto que espirra uma pequena quantidade de álcool, imitando os efeitos de um Martini, e que dura apenas por alguns momentos.

Segundo os criadores do WA|HH, cada tubinho contém 2 mililitros de álcool, oferecendo apenas 0,075 mililitros da substância por dose, ou seja, mil vez menos que a quantidade de álcool presente em um coquetel de verdade.

Nada de ressaca

Além disso, de acordo com os desenvolvedores, o WA|HH não oferece nenhum dos efeitos colaterais que acompanham os drinks normais — como ressaca ou dor de cabeça — e, inclusive, é possível fazer o teste do bafômetro tranquilamente, mesmo depois de alguns minutos de ter utilizado o spray.

E o preço de uma noitada com o WA|HH? Meros US$ 26 por tubo (aproximadamente R$ 50). Entretanto, considerando que cada dose de um drink comum contém, em média, 57 ml de álcool, você vai precisar de 800 vaporizadas para consumir a mesma quantidade da substância. O problema é que cada tubo oferece apenas 21 espirradelas e, para conseguir as 800 necessárias, você vai acabar gastando quase R$ 2 mil.

Fonte: Daily Mail

Tudo sobre o novo Galaxy S III: especificações, hands-on e data de lançamento

Design

O forte esquema de segurança adotado pela Samsung impediu que o design verdadeiro vazasse antes do lançamento. Com bordas arredondadas e disponível em azul e branco, o novo smartphone é bem diferente dos aparelhos anteriores da linha Galaxy S. O novo Galaxy S III possui ainda 8,6 milímetros de espessura e pesa 133 gramas, então não deverá ficar desconfortável no bolso da sua calça, mesmo com a tela enorme.

Especificações

As principais especificações do Samsung Galaxy S III seguem abaixo:

– tela Super AMOLED de 4,8″ com resolução 720×1280 (306 ppi) e vidro Gorilla Glass 2
– processador quad-core Exynos 4 Cortex-A9 de 1,4 GHz
– 1 GB de RAM
– opções de 16, 32 ou 64 GB de espaço interno (com suporte a microSD de até 64 GB)
– câmera traseira de 8MP com flash LED e truques de software; filma em até 1080p
– câmera frontal de 1,9MP; filma em até 720p
– 3G / HSPA+ / 4G LTE
– Wi-Fi 802.11 b/g/n
– Bluetooth 4.0
– sensores incluem: NFC, GPS, acelerômetro, bússola digital, giroscópio, barômetro, sensor de proximidade e luz RGB
– suporte a DLNA e MHL
– bateria de 2.100mAh
– dimensões: 136,6 x 70,6 x 8,6mm
– peso: 133g
– cores: branco mármore e azul cristal

No hardware, este é basicamente um Galaxy X/Nexus com processador quad-core, tela Gorilla Glass 2 e bateria maior. Há mais avanços em relação ao Galaxy S II, no entanto – confira aqui nossa comparação completa.

A câmera também ganhou truques novos! Em termos de desempenho, ela é párea para a câmera do HTC One: praticamente não há demora entre apertar o botão e a foto ser tirada. A câmera pode tirar fotos enquanto você está gravando um vídeo (de até 1080p). Ela tira até 20 fotos sequenciais (a até 3,3 fps), e tem modo Best Photo: nele, a câmera tira oito fotos consecutivas e escolhe automaticamente a melhor para você.

E apesar do Ice Cream Sandwich ter sido modificado pelo TouchWiz, há muitas novidades bem além de retoques na interface – a parte mais interessante está no software.

As melhorias no Android

Entre as diversas novidades no software do Galaxy S III, duas se destacam: reconhecimento de voz e câmera frontal inteligente. O reconhecimento de voz do Galaxy S III atende pelo nome de S Voice: ele controla a área multimídia, eventos do calendário, SMS/MMS e outros recursos – e se não estivesse em um smartphone da Samsung, poderia muito bem se passar pelo Siri da Apple.

O Smart Stay, por sua vez, torna toques na tela menos comuns e necessários. Ele usa a câmera e o sensor de proximidade para antever ações do usuário: se você estiver lendo um livro, a câmera frontal rastreia seus olhos e passa as páginas automaticamente. E com o Direct Call, se você está trocando mensagens com um amigo, ao colocar o celular na orelha o Galaxy disca para esse amigo.

E há mais novidades. O Smart Alert exibe ligações perdidas e notificações quando você pega o celular de novo: através do acelerômetro, ele sabe quando você o segura. O Pop Up Play toca um vídeo no player padrão enquanto você roda outros apps – o vídeo fica por cima. O S Beam combina NFC e Wi-Fi Direct para compartilhar arquivos a até 300Mbps.

Recursos exclusivos

O Ice Cream Sandwich, na versão 4.0.4, foi personalizado pela Samsung com a interface TouchWiz, muito utilizada nos produtos da empresa. Para quem não gosta de modificações, a notícia não deve ter sido tão ruim. Há vários recursos úteis não disponíveis nos concorrentes e uma parceria com o Dropbox disponibilizará 50 GB de espaço por dois anos. Se você não se contenta com os 5 GB gratuitos do Google Drive, a vantagem pode ser bem chamativa.

S Voice, o assistente com reconhecimento de voz

Agora você pode mexer no GPS sem tirar as mãos do volante.

O S Voice é um assistente que reconhece a voz do usuário e executa tarefas como envio de mensagens de texto e emails, configuração de alarme e exibição de previsão do tempo, como o Siri, presente no iPhone 4S. O diferencial do recurso é a presença de um algoritmo que detecta, além da voz, seu rosto e seus movimentos, permitindo que o assistente funcione sem a necessidade de apertar botões.

Se o alarme tocar e você estiver com muito sono, diga “snooze” e o smartphone voltará a alertá-lo após um tempo pré-definido, o que deve aumentar consideravelmente os atrasos no trabalho. No momento, os idiomas suportados são: inglês (americano e britânico), coreano, francês, espanhol, italiano e alemão.

S Beam, para compartilhar arquivos de maneira rápida

Transferência de arquivos por S Beam: rápida.

A Samsung também implementou um recurso chamado S Beam, que permitirá transferências de arquivos com velocidades de até 300 Mbps. Para utilizar, basta aproximar dois smartphones que possuam a tecnologia e enviar o arquivo de um aparelho para outro. Funciona como Bluetooth, só que bem mais rápido. De acordo com a fabricante sul-coreana, é possível compartilhar um filme de 1 GB em apenas três minutos e uma música de 10 MB em dois segundos.

Disponibilidade

No evento de lançamento, a Samsung afirmou que o novo dispositivo estará disponível para venda em 145 países. A imagem abaixo revela que possivelmente São Paulo está na listagem de cidades que terão o dispositivo no lançamento mundial, em 29 de maio. Oficialmente, a Samsung Brasil disse que o novo Galaxy estará nas lojas no início de junho.

Hands-on

Galaxy S III.

Kat Hannaford testou o Galaxy S III e, para ela, “parece que o One X da HTC já está tremendo na base”. Ela aprova o foco no software:

Em vez de colocar um exagerado e bobo sensor de 16 MP na câmera ou afinar o aparelho para algo além das medidas do Motorola RAZR, a empresa focou a maior fatia da sua atenção em melhorar o Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) com recursos pra lá de bem-vindos e, em muitos casos, novos truques e adições que você não sabia que queria tanto antes de vê-los em ação.

Além disso, é bom ver que o S III ficou apenas 16% maior que o modelo anterior. O problema que notamos no hands-on é a qualidade de construção: “os produtos da Samsung sempre tiveram esse aspecto excessivamente plástico para o meu gosto”.

Os acessórios

O Galaxy S III não veio sozinho: a Samsung revelou os diversos acessórios disponíveis (separadamente) para o aparelho. São deznovidades, e os destaques seguem abaixo.

O Wireless Charging Kit feitiçaria das brabas permite carregar a bateria do Galaxy S III sem usar fios: basta deitar seu novo Galaxy na base, e ele carrega sozinho. A caneta stylus C Pen é capacitiva e “otimizada exclusivamente” para a tela do aparelho, com corpo de alumínio e ponta de borracha com 3mm de espessura. (Será que a C Pen será útil nas 4,8″ do Galaxy S III?) O dock com áudio valvulado também merece ser mencionado, prometendo alta qualidade de som estéreo com subwoofer, usando a tecnologia que já vimos em outro dock da Samsung.

A Samsung também divulgou três novas capinhas, outros docks, adaptador HDMI (o GSIII tem apenas saída microUSB) e o dongle AllShare Cast, que você liga à TV para ver o conteúdo do smartphone via Wi-Fi

Disponibilidade e preço

De acordo com a Samsung, o Galaxy S III começa a ser vendido no Brasil na primeira semana de junho. O mês de junho começa numa sexta-feira – um dia bem propício a novos lançamentos de celular. E assim como todos os produtos da Samsung, o Galaxy S III será fabricado no Brasil.

Mas quanto vai custar? A Samsung não informou o preço do Galaxy S III, mas apostamos que o preço fique, inicialmente, entre R$2.000 e R$2.300Fontes dizem à Info, no entanto, que o aparelho custará R$1.899 desbloqueado nas operadoras. Os outros flagships da Samsung, o Galaxy X e o Galaxy Note, hoje custam no varejo cerca de R$1.800.

Samsung e o foco “humano”

Como diz o Leo, a apresentação do Galaxy S III mostrou uma Samsung diferente: o foco está na experiência, não em “X vezes mais velocidade”. O novo slogan do aparelho é “designed for humans”. A ideia de “mais prático” e “integração natural” foram os focos de toda a apresentação da Samsung – que você confere abaixo. Provavelmente nunca houve uma apresentação de um smartphone Android que falou tão pouco sobre especificações e hardware.

Todo o foco em software da Samsung é um ótimo sinal para os usuários, mas talvez nem tanto para o Android. Já faz um bom tempo que a Samsung vem trabalhando com o TouchWiz não só como um redesenho para o Android, mas sim como uma plataforma maior, que engloba não só celulares – TVs também, por exemplo. Para o Android, o maior problema é que, tanto em smartphones quanto em tablets, as empresas que realmente dominam o mercado estãotransformando o Android, e criando seus próprios sistemas fechados

GEEK.ETC.BR uma loja nerd em São Paulo

Atenção maníacos Paulistas, São Paulo recebe loja da Livraria Cultura dedicada exclusivamente ao público geek.

Hoje a Fernanda Felício do blog anyotherthing e eu visitamos a nova loja da Livraria Cultura voltada para o público nerd, a GEEK.ETC.BR.

A loja é pequena se comparada a mega tradicional loja da Cultura também localizada no Conjunto Nacional, na avenida Paulista. Todavia, mantendo o padrão de bom atendimento da Livravria os atendentes são além de atenciosos, profundos conhecedores dos produtos em exposição. Já pensando em escrever uma matéria sobre o local fui disposto a servir de beta tester para os maníacos de plantão. Para a minha grata surpresa eles estão por dentro da cultura nerd, e muito além disso. Ele citam referencias nerds  tanto culturais como comerciais em relação aos seus produtos. Quase tive um orgasmo!

Pensando em geração Y, somos um mercado que não se contenta com o preço nacional e não vê muitas dificuldades em buscar nossas vontades em sites estrangeiros, realizar pedidos à milhares de quilômetros de distância ou esperar do lado de fora de uma loja por horas e com chuva para adquirir aquele celular, jogo, livro, DVD, brinquedo e ou HQ tão esperado.

O fato de o local ter pouco mais de 200 metros quadrados dividídos em 2 andares com ótimo atendimento torna o local bem intimísta. A escada espiral leva você para o andar das HQ’s e mangás, esses últimos disponibilizados em caixas horizontais no maior esquema “loja do Stuart” de The Big Bang Theory. Outro ponto positivo é a decoração do local, com belos pôsters e um Batman em tamanho (mais que) real.

O Bruce Wayne Batman é mais alto do que eu imaginava…

Geek.Etc.Br promete virar um espaço obrigatório pra qualquer nerd que dê uma passada pela Avenida Paulista. Mas uma coisa é certa: o público é exigente e vai querer exclusividades ou coisas interessantes pelo preço que é cobrado. A localização filtra o público e os preços são de shopping. Pagamos por um atendimento diferenciado e um local agradável, portanto esperamos constantes atitudes diferenciadas daqui pra frente. Lançamentos exclusivos, madrugadas de pré-venda, brindes divertidos, tardes de autógrafos… as opções são inúmeras.

Clique nas imagens da galeria para amplia-las!

Finalmente depois de tantas lojas de MERDA uma loja de NERD em São Paulo!

%d blogueiros gostam disto: