Super teste do Pro Evolution Soccer 2013

Konami anunciou para este ano: Pro Evolution Soccer 2013, a sequência da franquia esportiva que chega em novembro ao Brasil para Xbox 360 e PlayStation 3. Em um evento realizado em São Paulo no dia 9 de maio, PES 2013 foi apresentado à imprensa, tanto nacional quanto internacional. Os produtores Naoya Hatsumo, Manorito Hosoda e Toru Kato comentaram sobre as novidades da versão, e também deram a oportunidade a todos os presentes de testar o título.

Esta é a primeira vez que um jogo da franquia é apresentado em primeira mão no Brasil, algo que até então acontecia apenas no Japão. Mesmo no estágio inicial do desenvolvimento, algumas diferenças já puderam ser notadas em comparação a PES 2012.

Domine completamente a bola

As melhorias principais estão na jogabilidade, o que inclui um novo sistema de dribles manuais. Através de comandos específicos no controle, é possível realizar jogadas completas, recurso ideal para jogadores mais experientes. Estes foram os principais pontos trabalhados pelos produtores: o controle da bola e uma inteligência artificial pró-ativa.

O sistema de controle da bola pôde ser testado nos terminais presentes no evento. Em PES 2013 é possível reduzir a velocidade da bola, dominá-la de maneiras diferentes, fazer outros passes e trocar de pé. Pode demorar um pouco para o jogador pegar o jeito da coisa, mas o resultado é legal: dá para fazer o adversário passar um pouco de vergonha com os “olés”.

Para se ter uma ideia da liberdade de movimento, dá para manter os passes e chutes em um modo manual, e assim controlar a altura e velocidade da bola rolando. Os dribles em velocidades diferentes certamente darão ao jogador várias possibilidades – isso se ele souber utilizá-los.

Conheça o sistema Player ID

Outra novidade é o chamado Player ID, que dá maior individualidade para jogadores icônicos do futebol mundial. Os produtores do game capturaram movimentos característicos de jogadores como Neymar, Messi e outros, que terão movimentos únicos. Ao todo, são cerca de 50 atletas a possuírem tal peculiaridade.

Entre os escolhidos, estão atacantes (em sua maioria), zagueiros e até mesmo goleiros, que terão animações exclusivas de acordo com seu estilo de jogo na vida real.

Mudança nos goleiros

Por falar em goleiros, eles também ganharam novas animações de defesa, aumentando assim o realismo de uma forma geral. Agora, o jogador pode escolher repor a bola de uma forma mais rápida e fazer contra-ataques, por exemplo.

Goleiros sempre foram considerados o maior problema da franquia. Para contornar o problema, a Konami trabalhou junto de atletas reais para capturar os movimentos reais. Houve muito feedback por parte dos jogadores durante a criação do novo sistema de controle.

Mantendo a essência

Mesmo com todas as mudanças, PES continua sendo PES. Ainda é cedo para fazer comparações com o rival FIFA, mas a impressão é que o clima do jogo permanece o mesmo dos antecessores – o que pode ser bom para alguns e ruim para outros.

Lembrando que a versão brasileira (e a mais popular da série) tem alguns elementos extras já conhecidos pelos fãs, como a inclusão de Neymar na capa e a narração feita pela dupla Sílvio Luíz e Mauro Beting.

Vale lembrar que PES 2013 estará na E3 2012.

Ótima Matéria do Techtudo.

Novas imagens de FIFA 13.

Eletronic Arts divulgou novas imagens do jogo FIFA 13. Com ótima qualidade gráfica, o game mostra alta qualidade em detalhes nos uniformes e nas caraterísticas dos jogadores.

Melhor inteligência artificial promete defensores mais “espertos”.

FIFA 13 será lançado no segundo semestre deste ano para Xbox 360, PS3, PS Vita, PCs, Nintendo Wii e smartphones.

Fonte: Techtudo

Sony abaixa preços de alguns jogos do PlayStation Vita.

Alguns jogos como ModNation Racers: Road Trip, Reality Fighters e Everybody’s Golf estão mais baratos, custando US$ 15 cada (cerca de R$ 30).

No momento a redução de preço só vale para PSN dos Estados Unidos e Europa. A PlayStation Store brasileira vai ter que esperar um pouco mais pelos jogos mais baratos, já que a Sony Brasil ainda não anunciou nada neste sentido.

Três títulos chegam na mesma época da feira E3, que ocorre no início de junho, nos EUA. Rumores dão conta de que a Sony pretende reduzir também o valor do próprio PlayStation Vita, para ajudar nas vendas, que andam relativamente abaixo do esperado.

 

Fonte: Techtudo

Xbox proibido nos Estados Unidos?

Juiz norte-americano pediu, vejam só, a proibição da venda do Xbox 360 nos Estados Unidos.

Um juiz dos Estados Unidos defendeu a ideia de que as importações do Xbox 360 devem ser canceladas e as vendas do console proibidas no país. As informações são do site Wired, preparem-se para rebeliões nerd.

A ideia meio kamikaze de David Shaw, juiz da ITC (Comissão Internacional do Comércio), vem em meio às acusações da Motorola a Microsoft, sobre quebra de patentes relacionadas à tecnologias do videogame. Além do bloqueio, o juiz também pede que a Microsoft pague uma porcentagem das vendas de cada console em território norte-americano.

A queixa foi representada na Justiça em novembro de 2010 e a decisão final sobre o caso sairá em agosto deste ano. Enquanto isso, a Motorola rebateu as críticas e entrou com um novo processo, no qual acusa a Microsoft de ter violado 16 patentes da empresa em muitos de seus produtos.

fonte: Terra

Dead Island Game of the Year Edition com data para 26 de junho.

Dead Island: Game of the Year Edition sai em 26 de junho deste ano, confirmado pela Deep Silver no Xbox 360PlayStation 3 e PC, com todas as atualizações, incluindo os DLCs Bloodbath Arena e Ryder White e a arma Ripper.

Game of the Year Edition colocará diretamente atualizações lançadas posteriormente para o jogo, e outros tipos de melhorias incluindo o concerto dos bugs. Não é necessário pagar por conteúdos que foram vendidos separados em dois DLCs de US$ 10 (R$ 20) cada.

O principal atrativo é o DLC Ryder White, que permite vivenciar a história do ponto de vista do vilão, entendendo melhor seus motivos e talvez até simpatizando com ele. Trata-se de uma campanha independente, com várias horas de aventura e um maior aprofundamento no enredo do jogo e do personagem.

Fonte: Techtudo

15 minutos de Max Payne 3

Confira os primeiros momentos do game!

Vídeo Games…

 

Morre Diablo!!! Bloqueio a acesso ‘offline’ em “Diablo III” gera polêmica.

Muitos fãs brasileiros de “Diablo” ficaram acordados e online na madrugada da última terça-feira 15 para acompanhar o tão esperado retorno do RPG após 12 longos anos de hiato. Às 4h da manhã, com o jogo devidamente comprado, baixado e instalado o jogo, não funcionou. Adivinha só? Sobrecarga nos servidores. Em todo o mundo.

Em instantes, mensagens de erro numeradas (37, 3003 e por aí vai) se propagaram pela internet e fizeram muita gente ir dormir frustrada. Paciência. Eventualmente “Diablo III” ficou online e, por agora, com uma instabilidade aqui e outra acolá, muita gente já está esmigalhando o mouse por Nova Tristram e seus arredores.

Ok, faz parte do jogo enfrentar instabilidades, manutenções etc. Mas isso quando se tratam de multiplayer ou MMOs. No caso de “Diablo III”, por mais louvável que seja a integração com a Battle.net – vide os saves sincronizado, combate à pirataria e a Casa de Leilões -, ainda há muitas pessoas que preferem a experiência single-player. E neste caso, se você quiser jogar “Diablo III” ao melhor estilo ‘forever alone’, ainda assim precisa estar conectado à internet.

Como bem colocou o Kotaku, “não temos mais o poder de decidir quando nosso jogo começa ou não”. E não estamos falando apenas do lado da Blizzard e de seus servidores: e se a sua conexão com a internet cair? Melhor procurar outro jogo, pois com “Diablo III” você ficará na mão. Além disso, uma conexão mais lenta pode sofrer com problemas de sincronia, lag e tudo mais, mesmo em se tratando de uma experiência single-player (!!!).

Entretanto, é inegável que este fato aponta para uma direção talvez inevitável no futuro dos jogos: a exigência de estar permanentemente conectado à internet. Quem tem boa memória talvez se lembre do lançamento de “Half-Life 2”, em 2004, que causou certa polêmica por ser o primeiro game offline a exigir uma autenticação online para funcionar – o Steam ainda era uma criança.

Agora há rumores que os próximos PlayStation e Xbox entrarão na onda e também exigirão conexão permanente à internet. No PC, com a distribuição digital, tal caminho parece inevitável: “SimCity” é um dos próximos da lista a impedir o acesso do mundo offline.

Claro que, nos dias de hoje, é impossível imaginar uma vida sem internet. Mas bloquear o single-player, ainda que embasado por argumentos convincentes, incomoda e até assusta um pouco. Basta ver que, até o momento, “Diablo III” tem enfrentado a crítica do público em sites como o Metacritic. Excluído o fator “mimimi”, é algo que não deve ser ignorado e, sobretudo, merece atenta observação no desenrolar dos fatos.

Matéria: UOL

Pura tensão em novo trailer de The Last of Us.

The Last of Us, ganhou mais um trailer. A Sony apresenta essa prévia inédita que mostra mais momentos de tensão vividos pelos personagens Joel e Ellie, que agora precisam fugir de uma ameaça com um carro em ruas estreitas.

The Last of Us é produção do estúdio Naughty Dog, o mesmo da série Uncharted e pelos primeiros jogos da série Crash Bandicoot. De acordo com o estúdio, o game já está em produção desde 2010 e promete um nível gráfico nunca antes visto no PlayStation 3.

Fonte Techtudo

Batman Arkham City com preço especial no Brasil.

Warner Brasil confirmou o preço da Edição Jogo do Ano de Batman: Arkham City em território nacional. O game vai custar R$ 129 por aqui, preço mais acessível do que na época do jogo original. Essa edição especial tem lançamento agendado para o final de maio.

A Edição Jogo do Ano de Arkham City vem recheada com um belo conteúdo para quem ainda não aproveitou o game. Ela acompanha todos os pacotes extras que foram lançados por download, incluindo mapas, personagens adicionais e novas roupas para o Homem-Morcego.

Outra boa novidade nesta edição é a presença de um extra ainda inédito, chamado de “Harley Quinn’s Revenge”. Ele funciona como um tipo de capítulo final para o game e também será lançado separadamente, mas vem de graça para os compradores dessa versão.

Disponível para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

%d blogueiros gostam disto: