Don’t Stop Believing cantado por vários filmes

Você já pensou em ouvir sua música preferida cantadas pelos filmes que você mais gosta? Bom alguém já pensou nisso!

Don’t Stop Believing originalmente é da banda Journey.

Veja também:

“Everything I Do”: http://www.dailymotion.com/video/xooasc_supercut-happy-valentine-s-day-bryan-…

“99 Problems”: http://www.dailymotion.com/video/xold8h_99problemsinfilm-em_music?start=1#fro…

“Hello”:
http://vimeo.com/35055590

Parabéns pelos 49, Tarantino!

Hoje é aniversário do mestre-senhor-diretor-incrível Quentin Tarantino! E claro que não podíamos passar sem uma homenagem ao gênio por trás de filmes como Pulp Fiction (o filme preferido do Thiago)!

A carreira de Tarantino começou em 1992, com Cães de Aluguel (Reservoir Dogs) e daí em diante foi uma sucessão de sangue, armas e histórias fantásticas. Kill Bill, uma de suas obras mais conhecidas, estreiou em 2003, seguido da continuação em 2004, com rumores de um terceiro longa para 2013.

Seu último filme – e um dos meus favoritos – foi Bastardos Inglórios, que deu à Christoph Walt o prêmio de Melhor Oscar para um Ator Coadjuvante.

Famoso pelas cenas de luta sangrenta, personagens inesquecíveis e frases de efeito, somos obrigados a comemorar os 49 anos desse rei da 7a arte. E nada melhor do que um video com uma compilação de cenas clássica – e de enquadramento clássico tarantinesco – para isso!

E não podemos esquecer também do próximo filme que ele vai lançar, chamado “Django Unchained”, ainda sem tradução, sem trailer, sem poster e sem data…

Parabéns Tarantino! Que você ainda faça muitos filmes com muito sangue para nós!

Lista dos ganhadores do Oscar 2012

E a lista dos ganhadores deste ano:

Melhor filme

“Cavalo de guerra”

“O artista”

“O homem que mudou o jogo”

“Os descendentes”

“A árvore da vida”

“Meia-noite em Paris”

“História cruzadas”

“A invenção de Hugo Cabret”

“Tão forte e tão perto”

Diretor

Michel Hazanavicius – “O artista”

Alexander Payne – “Os descendentes”

Martin Scorsese – “A invenção de Hugo Cabret”

Woody Allen – “Meia-noite em Paris”

Terrence Malick – “A árvore da vida”

Melhor ator

Demián Bichir – “A better life”

George Clooney – “Os descendentes”

Jean Dujardin – “O artista”

Gary Oldman – “O espião que sabia demais”

Brad Pitt – “O homem que mudou o jogo”

Ator coadjuvante

Kenneth Branagh – “Sete dias com Marilyn”

Jonah Hill – “O homem que mudou o jogo”

Nick Nolte – “Warrior”

Max Von Sydow – “Tão forte e tão perto”

Christopher Plummer – “Beginners”

Melhor atriz

Glenn Close – “Albert Nobbs”

Viola Davis – “Histórias cruzadas”

Rooney Mara – “Os homens que não amavam as mulheres”

Meryl Streep – “A dama de ferro”

Michelle Williams -“Sete dias com Marilyn

Melhor atriz coadjuvante

Octavia Spencer – “Histórias cruzadas”

Bérénice Bejo – “O artista”

Jessica Chastain – “Histórias cruzadas”

Janet McTeer – “Albert Nobbs”

Melissa McCarthy – “Missão madrinha de casamento”

Melhor roteiro original

“O artista”

“Missão madrinha de casamento”

“Margin Call”

“Meia-noite em Paris”

“A separação”

Trilha sonora original

“As aventura de Tintim” – John Williams

“O Artista” – Ludovic Bource

“A invenção de Hugo Cabret” – Howard Shore

“O espião que sabia demais” – Alberto Iglesias

“Cavalo de guerra” – John Williams

Canção original

“Man or Muppet”, de “Os Muppets”, música e letra de Bret McKenzie

“Real in Rio”, de “Rio”, música de Sergio Mendes e Carlinhos Brown, letra de Siedah Garrett

Maquiagem

“Albert Nobbs”

“Harry Potter”

“A dama de ferro”

Direção de arte

“O artista”

“Harry Potter”

“A invenção de Hugo Cabret”

“Meia-noite em Paris

“Cavalo de guerra”

Fotografia

“O artista”

“Os homens que não amavam as mulheres”

“A invenção de Hugo Cabret”

“A árvore da vida”

“Cavalo de guerra”

Figurino

“Anonymous”

“O artista”

“A invenção de Hugo Cabret”

“Jane Eyre”

“W.E.”

Documentário (longa-metragem)

“Hell and Back Again”

“If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front”

“Paradise Lost 3: Purgatory”

“Pina”

“Undefeated”

Documentário (curta-metragem)

“The Barber of Birmingham: Foot Soldier of the Civil Rights Movement”

“God Is the Bigger Elvis”

“Incident in New Baghdad”

“Saving Face”

“The Tsunami and the Cherry Blossom”

Edição

“O artista”

“Os descendentes”

“Os homens que não amavam as mulheres”

“A invenção de Hugo Cabret”

“O homem que mudou o jogo”

Melhor filme em língua estrangeira

“Bullhead” – Bélgica

“Footnote” – Israel

“In Darkness” – Polônia

“Monsieur Lazhar” – Canadá

“Separação” – Irã

 Melhor animação

“A Cat in Paris”

“Chico & Rita”

“Kung Fu Panda 2”

“Gato de Botas”

“Rango”

Curta-metragem de animação

“Dimanche”

“The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore”

“La Luna”

“A Morning Stroll”

“Wild Life”

Curta-metragem

“Pentecost”

“Raju”

“The Shore”

“Time Freak”

“Tuba Atlantic”

Edição de som

“Drive”

“Os homens que não amavam as mulheres”

“A invenção de Hugo Cabret”

“Transformers: o lado oculto da lua”

“Cavalo de guerra”

Mixagem de som

“Os homens que não amavam as mulheres”

“A invenção de Hugo Cabret”

“O homem que mudou o jogo”

“Transformers: o lado oculto da lua”

“Cavalo de guerra”

Efeitos visuais

“Harry Potter”

“A invenção de Hugo Cabret”

“Gigantes de aço”

“Planeta do macacos”

“Transformers: o lado oculto da lua”

Roteiro adaptado

“Os descendentes”

“A invenção de Hugo Cabret”

“Tudo pelo poder”

“O homem que mudou o jogo”

“O espião que sabia demais”

Aprenda a dança como nos filmes…

As danças mais famosas da telona, passo a passo.

 

Memes da internet transformados em posters minimalistas, como se fossem filmes

O designer Stefan Van Zoggel reimaginou os virais e memes mais amados da websfera como filmes e criou posters minimalistas para vários deles, como Double Rainbow, Nyan Cat, Fiday e Bed Intruder.

Fonte: Flavorwire

Uma homenagem à Steven Spielberg

Steven Spielberg, seja como diretor ou como produtor, é Steven Spielberg. Não precisa de introduções, explicações ou justificativas.

Ele ganhou 2 Oscars de direção por “O Resgate do Soldado Ryan” e “A Lista de Schindler”, mas mais que isso, ele fez de seus filmes nossas memórias de infância (E.T. e Indiana Jones, alguém?), aprendizados (A cor Púrpura, O Resgate do Soldado Ryan e A Lista de Schindler, por exemplo) e pura diversão escapista (com Minority Report e Jurassic Park).

Com mais de 50 filmes sob sua direção e mais de 130 como Produtor, o ex-estudante de cinema, que largou a faculdade no meio do curso, nos ensinou que amar o que se faz transforma tudo. Nas suas próprias palavras “eu sonho para ganhar a vida”.

E nada melhor do que um video com uma compilação de boa parte de seus filme para homenagear esse grande diretor! Aproveite para dar um passeio pelas suas memórias!

E vale lembrar que já está nos cinemas seu último filme, “As Aventuras de Tintim”, que é super fiel à série, usa Motion Capture e foi filmado em 3D. Vale o ingresso, principalmente com um Archibald Haddock engraçadíssimo e personagens incríveis. Corram para o cinema agora!

Lista de vencedores do SAG Awards

O SAG (Screen Actors Guild Award) é uma premiação diferenciada em Hollywood, pois ela é escolhida e votada pelos próprios atores, membros do Sindicato de Atores dos EUA. Ou seja, são atores avaliando – e sendo avaliados – por outros atores.
Os prêmios são apenas relacionados ao trabalho dos atores, nada de melhor diretor ou produtor ou até mesmo filme. Confira a lista dos vencedores a seguir:
CINEMAMELHOR ELENCO DE CINEMA
“Missão Madrinha de Casamento”
“O Artista”
“Os Descendentes”
“Histórias Cruzadas”
“Meia-Noite em Paris”MELHOR ATOR DE CINEMA
George Clooney (“Os Descendentes”)
Demian Bichir (“A Better Life”)
Leonardo DiCaprio (“J. Edgar”)
Jean Dujardin (“O Artista”)
Brad Pitt (“O Homem que Mudou o Jogo”)

MELHOR ATRIZ DE CINEMA
Michelle Williams (“Sete Dias com Marilyn”)
Glenn Close (“Albert Nobbs”)
Viola Davis (“Histórias Cruzadas”)
Meryl Streep (“A Dama de Ferro”)
Tilda Swinton (“Precisamos Falar sobre o Kevin”)

MELHOR ATOR COADJUVANTE DE CINEMA
Nick Nolte (“Guerreiro”)
Kenneth Branagh (“Sete Dias com Marilyn”)
Armie Hammer (“J. Edgar”)
Jonah Hill (“O Homem que Mudou o Jogo”)
Christopher Plummer (“Toda Forma de Amor”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE CINEMA
Octavia Spencer (“Histórias Cruzadas”)
Berenice Bejo (“O Artista”)
Jessica Chastain (“Histórias Cruzadas”)
Melissa McCarthy (“Missão Madrinha de Casamento”)
Janet McTeer (“Albert Nobbs”)

MELHOR ELENCO DE DUBLÊS EM CINEMA
“Os Agentes do Destino”
“Cowboys & Aliens”
“Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2”
“Transformers: O Lado Oculto da Lua”
“X-Men: Primeira Classe”

TV
MELHOR ELENCO DE DUBLÊS EM SÉRIE DE TV
“Dexter”
“Game of Thrones”
“Southland”
“Spartacus: Gods of the Arena”
“True Blood”
MELHOR ELENCO DE SÉRIE DRAMÁTICA
“Boardwalk Empire”
“Breaking Bad”
“Dexter”
“The Good Wife”
“Game of Thrones”

MELHOR ELENCO DE SÉRIE CÔMICA
“Modern Family”
“30 Rock”
“Glee”
“The Big Bang Theory”
“The Office”

MELHOR ATOR DE SÉRIE DRAMÁTICA
Steve Buscemi (“Boardwalk Empire”)
Bryan Cranston (“Breaking Bad”)
Michael C. Hall (“Dexter”)
Patrick J. Adams (“Suits”)
Kyle Chandler (“Friday Night Lights”)

MELHOR ATRIZ DE SÉRIE DRAMÁTICA
Julianna Margulies (“The Good Wife”)
Glenn Close (“Damages”)
Kathy Bates (“Harry’s Law”)
Jessica Lange (“American Horror Story”)
Kyra Sedgwick (“The Closer”)

MELHOR ATOR DE SÉRIE CÔMICA
Alec Baldwin (“30 Rock”)
Ty Burrell (“Modern Family”)
Steve Carell (“The Office”)
Jon Cryer (“Two and a Half Men”)
Eric Stonestreet (“Modern Family”)

MELHOR ATRIZ DE SÉRIE CÔMICA
Julie Bowen (“Modern Family”)
Edie Falco (“Nurse Jackie”)
Tina Fey (“30 Rock”)
Betty White (“Hot in Cleveland)
Sofia Vergara (“Modern Family”)

MELHOR ATOR DE MINISSSÉRIE OU TELEFILME
Laurence Fishburne (“Thurgood”)
Paul Giamatti (“Too Big to Fail”)
Greg Kinnear (“The Kennedys”)
Guy Pearce (“Mildred Pierce”)
James Woods (“Too Big to Fail”)

MELHOR ATRIZ DE MINISSÉRIE OU TELEFILME
Diane Lane (“Cinema Verite”)
Maggie Smith (“Downton Abbey”)
Emily Watson (“Appropriate Adult”)
Betty White (“The Lost Valentine”)
Kate Winslet (“Mildred Pierce”)

 

E aí, o que você achou? Prêmios merecidos ou pura marmelada?

O antigo cinema novo

Trata-se de um mistura entre filmes recentes com atores das antigas.

É como se fosse uma realidade paralela. Vejam as artes:

 

Cartazes de filmes por Olaf Cuadras

Achei muito bacana a forma como o ilustrador e diretor de arte Olaf Cuadras restratou estes cartazes de filmes.

Para ver mais cartazes visite o site de Olaf Cuadras.

Morre Bob Anderson, mito por trás das lutas com espadas

Se você, como eu, é fã de lutas de espadas em filmes, vai ficar triste com a notícia de que Bob Anderson, o maior esgrimista do cinema, faleceu dia 1 de Janeiro, aos 89 anos em um hospital britânico, anunciou a Academia Britânica de Esgrima.

Embora desconhecido para a maioria, Bob Anderson, antigo esgrimista olímpico, foi quem coreografou, treinou e até serviu de dublê em filmes como “O Senhor dos Anéis”, “Piratas do Caribe”, “007” e “Highlander”, além de ser uma das sete pessoas a usar a roupa de Darth Vader. Ele também particpou de um documentário chamado “Reclaiming the Blade” (inédito no Brasil mas que você pode conferir o trailer no fim do post), sobre a arte da esgrima, de forjar espadas e da luta em si.

É, perdemos um mestre de armas sem igual e que, com certeza, não encontrará substitutos.

%d blogueiros gostam disto: