Como cada geração usa a internet

Eu vi esse infográfico que o YouPix fez sou um maníacos eu não poderia deixar de compartilhar com vocês.

Memes: O novo Rock’n’Roll

Galera não é segredo pra ninguém que eu adoro o Brainstorm9.

Essa semana no Braincast eles receberam a Bia Granja do YouPix (praticamente a curadoria da cultura wébica), para falar sobre MEMEs.

Vale a pena vocês escutarem!


Fonte: Braintorm9

Os memes do ano

Pra você que como eu vive na “memelândia” eu to postando esta matéria que vi no site oglobo.

Até pouco tempo ninguém sabia o que eram, mas 2011 foi definitivamente o ano deles

Rebecca Black: 'Friday' é a melhor música ruim de 2011 Foto: Divulgação / Agência O Globo

Rebecca Black: ‘Friday’ é a melhor música ruim de 2011DIVULGAÇÃO / AGÊNCIA O GLOBO

Não se sabe muito bem como eles surgem ou como ganham popularidade, até que, de repente, todo mundo está falando a mesma coisa. Um meme é uma espécie de piada interna que todo mundo compartilha: pode ser uma imagem, um vídeo, uma gíria ou qualquer outra coisa que se espalhe com facilidade. O termo original, cunhado por Richard Dawkins, indica “uma unidade de evolução cultural que se propaga de indivíduo para indivíduo”, mas hoje em dia é usado simplesmente como sinônimo de viral.

No site Youpix, o professor Fernando Fontanella, que escreve uma tese de doutorado em memes pela UFPE e é professor de Comunicação da PUC-PE, explica:

“Durante muitos anos os memes foram quase sempre piadas internas — a própria internet era uma cultura muito restrita e autorreferente. Mas acho que a tendência é essa perspectiva cair por terra à medida em que a rede fique mais cotidiana. (…) A parte anárquica que nos cabe acaba sempre sendo a mais interessante, partilhando um tipo de humor alternativo, sagaz e louco, que transforma o “tosco” em “inteligente”.

FOREVER ALONE: Assim como o Troll e outras Rage Faces, ele nasceu no final do ano passado, mas 2011 foi o ano em que realmente bombou. Em um mundo cada vez mais individualista, forever alone…

HOJE É DIA DE ROCK, BEBÊ: A entrevista mágica que Christiane Torloni deu, digamos, um pouco alterada virou bordão no país inteiro, camiseta na Saara e sinônimo de curtição.

LUISA MARILAC: Emplacar QUATRO memes em um só vídeo: não é pra qualquer um! Luisa Marilac é a maior webcelebridade de 2011, o travesti mais famoso do Brasil!

NYAN CAT: Um gato com corpo de torrada voa pelo espaço e faz um arco-íris ao som de uma música irritante e repetitiva. Mais de 5 milhões de visualizações no YouTube.

PEPPER SPRAYING COP: O policial do spray de pimenta viralizou e surge todos os dias na web: ele atinge Kanye West, e é estrela em “Guernica”, de Picasso.

MAMILOS: Um dos maiores memes do ano foi um vídeo em que um adolescente de 16 anos diz que vai falar sobre algo controverso e… mostra seus “MAMILOS!”.

‘SOU F…’: “Eu, eu sou sinistro!” Com mais de 4 milhões de views e um sem-número de mash-ups e versões, o funk dos Avassaladores foi um dos maiores webhits do ano.

CLASSE MÉDIA SOFRE: O tumblr é um excelente retrato da classe, que acha i-na-cei-tá-vel o novo padrão das tomadas e fica re-vol-ta-da quando o sinal da internet cai. E só.

REBECCA BLACK — ‘FRIDAY’: Uma garota de 13 anos cantando uma música péssima, toda trabalhada no autotune, sobre sexta-feira e o fim de semana.

‘QUE DESELEGANTE!’: Assustada com uma invasão em uma reportagem, a apresentadora da TV Globo Sandra Annenberg cunhou um dos bordões do ano.

Fonte: oglobo

%d blogueiros gostam disto: