Coreano vence de etapa brasileira do Intel Extreme Masters.

Intel Extreme Masters é um dos principais campeonatos de StarCraft II do mundo.

Foi durante a Campus Party 2012, a etapa brasileira do Intel Extreme Masters, que pela primeira vez foi realizado na América Latina e foi transmitido mundialmente via streaming. Entre os competidores, que jogaram StarCraft II por quatro dias (7 a 11 de fevereiro), três brasileiros, que infelizmente foram eliminados ainda na fase de grupo.

Os primeiros lugares, como era esperado, ficaram com os coreanos. É sempre importante ver iniciativas desse porte chegando ao nosso território, como afirmou Diniz “Gruntar” Albieri, um dos narradores do evento, a vinda do Intel Extreme Master serviu para mostrar “que o Brasil é a bola da vez, o que ajudará muito no investimento de empresas e tecnologias no nosso território”.

Os investimentos da Intel para a realização dessa etapa da competição foram de US$ 1 millhão, US$ 21 mil deles em prêmios.

Fonte: Gameworld

“Brasil terá 4G até a Copa”, afirma Ministro das Comunicações

Conexões mais rápidas estão entre os investimentos que o governo espera para os próximos 2 anos.

Ministro das Comunicações quer conexões com mais velocidade. (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

O Brasil terá conexões 4G até a Copa do Mundo de 2014. A afirmação é do Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que esteve presente na tarde desta terça-feira na Campus Party Brasil 2012.

Antes de participar de um debate no Palco Central do evento, o ministro se divertiu no estande da Intel, pilotando um simulador de Fórmula 1. Ao lado de Antonio Carlos Valente, presidente da Telefônica/Vivo, o Bernardo falou sobre os desafios para o futuro das comunicações do país a sobre a importância estratégica do setor.

“No ano passado foram investidos cerca de US$ 16,5 bilhões no país e 35% desses investimentos foram feitos no setor de comunicações e telefonia” explicou. Além das melhorias estruturais nas grandes cidades, a proposta do governo é ampliar cada vez mais o acesso à web nas zonas rurais.

O ministro mencionou ainda o crescente mercado de games no país. Segundo Bernardo, o governo quer estimular que tanto hardware como software possa ser fabricado em território nacional. “Queremos atrair fabricantes e produtores de games para criarem seus projetos aqui no país”, concluiu.

Fonte: Tecmundo

O que esperar da CES 2012

Despedida da Microsoft, novo console da Nintendo e ultrabooks dominando. Confira tudo o que esperamos da maior feira de eletrônicos do mundo.

Entre os dias 10 e 13 de janeiro, ocorre em Las Vegas a maior feira de tecnologia do mundo. Na CES 2012 (Consumer Electronics Show), fabricantes e desenvolvedores devem apresentar os produtos e conceitos que vão fazer a cabeça dos consumidores durante todo o ano.

O Tecmundo estará nos Estados Unidos para cobrir tudo o que acontecer de mais interessante no evento, mas é claro que nós já temos algumas previsões sobre o que será apresentado lá. Confira agora quais são os anúncios mais prováveis a serem feitos na CES 2012.

O esperado Windows 8 e o adeus da Microsoft

Anunciado no ano passado, o Windows 8 teve uma versão para desenvolvedores liberada há alguns meses. Vários rumores apontam para o lançamento de uma versão Beta para usuários domésticos durante a CES 2012. Caso isso seja confirmado, você poderá testar o novo sistema operacional da Microsoft já no começo deste ano.

(Fonte da imagem: Reprodução/Product Reviews)

Vários bugs devem ter sido corrigidos desde a publicação anterior, permitindo que os usuários desfrutem de mais recursos, sofrendo com menos problemas de instabilidade. Apesar disso, a CES 2012 será um evento triste para os fãs da Microsoft (desenvolvedora responsável pelo Windows).

Ao que tudo indica, a partir de 2013 a Microsoft não fará mais parte da CES. Por essa razão, os novos anúncios de produtos da empresa devem ser feitos apenas em eventos próprios e outras feiras (que tenham datas mais parecidas com as utilizadas pela Microsoft).

O ano dos ultrabooks?

Já faz algum tempo que a Intel anunciou o incentivo à produção de um novo tipo de notebook, mais fino e energeticamente eficiente do que os outros. Os ultrabooks, como são chamados, utilizariam processadores verdes e armazenamento em SSD, para melhor desempenho. E caso nossas expectativas sejam concretizadas, na CES nós veremos muitos anúncios de ultrabooks.

Dell e Samsung já anunciaram que estão abandonando suas produções de netbooks para se dedicarem exclusivamente aos aparelhos ultrafinos. Até mesmo a AMD poderia estar investindo neste nicho de mercado, mas utilizando o nome “Ultrathin” para caracterizar os aparelhos.

(Fonte da imagem: Divulgação/Asus)

Como você pode ver, o assunto está quente no mundo todo e há grandes probabilidades de que os ultrabooks sejam mostrados por várias fabricantes (da mesma maneira que aconteceu com os tablets no ano passado).

Tablets: mais um ano de sucesso

No ano passado, quase todas as fabricantes de computadores apareceram com tablets na CES. O mercado que parecia ter sido aberto pela Apple com o iPad incentivou muitas empresas a produzir seus próprios aparelhos (sendo quase todos rodados com o sistema operacional Android).

Em 2012, ainda devem surgir muitos novos (e ótimos) aparelhos. Impulsionados pelas possibilidades dos processadores quad-core, os tablets Android devem ganhar novas versões muito mais poderosas do que as apresentadas no ano passado.

Não sabemos exatamente quais serão os modelos mostrados no evento, mas espera-se que Samsung, Toshiba, Motorola e Acer estejam entre as principais fabricantes. A Coby também prometeu cinco modelos diferentes para a CES 2012, o que nos dá margem para esperar vários novos modelos das outras empresas.

Smartphones cada vez mais poderosos

Já não é possível imaginar uma feira de tecnologia sem a presença de smartphones com ótimos recursos de hardware. Na CES 2012, isso não vai ser diferente e nós esperamos que muitos novos aparelhos sejam apresentados para a imprensa e para os consumidores.

A Sony deve oficializar o Xperia LT28at, smartphone que possui uma tela de 4,55 polegadas com resoluções de até 720p e câmera digital integrada de 13 megapixels, muito mais poderosa do que vários outros telefones que estão no topo do ranking de vendas atualmente.

(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Outra novidade incrível deve ser levada pela LG. Há rumores de que o primeiro smartphone com a nova geração dos processadores móveis da Intel vai ser revelado pela empresa. Contando com a microarquitetura Medfield, o dispositivo deve tentar utilizar o nome da Intel para impulsionar as vendas, visto que a LG está muito atrás de Samsung e Apple na disputa pelo mercado.

Televisores: será que o 3D decola?

Os televisores 3D ainda não convenceram, mas não é por falta de aparelhos anunciados. Durante o ano passado, surgiram uma série de eletrônicos com a tecnologia, incluindo video games (PlayStation 3 e Nintendo 3DS) e smartphones. Infelizmente, a qualidade das imagens mostradas ainda está bem aquém do que se espera.

Para a CES 2012, especula-se que novas tecnologias surjam, como a Ultra-D, que promete revolucionar os modos como funcionam os aparelhos 3D que não demandam óculos. Além disso, televisores comuns também terão destaque, como é o caso dos aparelhos OLED e 4K da LG.

Video games da oitava geração

Também há espaço para interatividade na CES 2012 e o maior exemplo disso são os video games. O Wii U (console anunciado no ano passado) deve poder ser experimentado pelo público e, assim, vai mostrar a todos o que podemos esperar da nova geração de plataformas da Nintendo.

(Fonte da imagem: divulgação/Nintendo)

Outra possibilidade (muito mais remota) é o anúncio do Xbox 720. Há rumores de que o novo video game da Microsoft será equipado com um processador hexa-core para muito mais potência. Será que ele será realmente mostrado na CES?

…..

Muitas outras tecnologias podem surgir no evento, que sempre reserva várias surpresas para todos. Fique atento aqui no Tecmundo porque na próxima semana estaremos em Las Vegas cobrindo tudo o que acontecer durante a CES 2012.

Fonte: Tecmundo

Processador Intel com 50 núcleos e 1 teraflop

A Intel apresentou um super microprocessador na SC’11 (Supercomputing 2011) em Seattle, evento que aconteceu nesta semana. O chip, batizado de Knights Corner, pode oferecer um desempenho superior a 1 teraflop (1 trilhão de cálculos por segundo). O coprocessador possui 50 núcleos e se destinará a soluções na área de supercomputadores – ao menos num primeiro momento.

Knights Corner (Foto: Divulgação)

Um coprocessador é um tipo de CPU auxiliar: o Knights Corner funciona em paralelo com outro processador e sua função é encarregar-se de cálculos matemáticos brutos. Desta forma, ele desonera a carga de trabalho do CPU principal, que pode dedicar seu desempenho para atividades mais específicas. O que é, em certa medida, uma volta ao passado: no começo da computação, coprocessadores aritméticos eram bastante comuns, mas, com a miniaturização dos componentes e o acúmulo de diversas funções num mesmo chip, eles acabaram aposentados.

O Knights Corner é manufaturado na arquitetura de 22 nm desenvolvida pela Intel, com os refinamentos da arquitetura MIC, que permite a produção de muitos cores dentro de um mesmo silício. Caso a Intel tenha sucesso nesta “ruptura”, recuperando o conceito de processador e coprocessador, num futuro próximo este tipo de solução pode aparecer nos computadores convencionais.

Para termos de comparação, o Knights Corner tem a mesma capacidade que o primeiro supercomputador da Intel, criado em 1997, e que operava com 9.680 processadores Pentium II Pro ao custo de US$ 55 milhões na época. Agora, a mesma capacidade de processamento de dados está comprimida em um chip construído em 22 nm, com eficiência energética infinitamente superior, que não deve custar mais do que uma centena de dólares a unidade.

Combate às GPUs

A vencedora arquitetura x86 dos processadores da Intel (e AMD) está em vias de esgotamento. Razoavelmente eficiente para aplicações domésticas, os processadores x86 hoje são um gargalo tecnológico quando o assunto é supercomputação. A tal ponto que os supercomputadores mais poderosos do planeta são construídos atualmente com GPUs trabalhando em paralelo. Não por acaso, o Knights Corner é fruto do frustrado Larrabee: projeto que pretendia trazer a primeira GPU da Intel para concorrer com Nvidia e AMD.

Processadores gráficos da Nvidia e da AMD, hoje, oferecem desempenho bruto melhor. Como exemplo de comparação: um Core i7 980 XE alcançou 109 gigaflops (1 gigaflop equivale a 1 bilhão de cálculos por segundo). Ao passo que uma GPU Nvidia’s GTX 480 atingiu 672 gigaflops e um par de Radeons 5970 da AMD chegaram a 928 gigaflops.

 

Fonte: TechTudo

Intel lança processador com seis núcleos

Voltado para gamers, o Core i7-3960X Extreme Edition é o processador para PCs mais rápido da companhia.

A Intel anunciou nesta segunda-feira (14/11) o chip  mais rápido da companhia até hoje lançado para PCs, o processador de seis núcleos Core i7-3960 Extreme Edition, baseado na microarquitetura Sandy Bridge e desenvolvidos para desktops de alto desempenho.

Ao menos no início, o componente é voltado para gamers, que fazem parte do público que adota mais rapidamente as novas tecnologias. Mais núcleos e velocidades de clock maiores “turbinam” os PCs e são essenciais para os jogadores, que demandam muita performance ao executar games com gráficos intensos.

O chip roda a uma velocidade de clock de 3.3 GHz, chegando até 3.9 GHz por núcleo, dependendo da performance requerida. Ele possui 15MB de cache e quatro canais de memória, que são os componentes mais comuns nos chips da Intel até hoje. O processador é cerca de 52% mais rápido em edição de vídeo do que o Core i7-2600k, também baseado em Sandy Bridge e voltado para os entusiastas da área. O desempenho da memória é até 114% melhor, de acordo com a Intel. 

O Core i7-3960X irá suceder o Core i7-990x Extreme Edition, até então o chip mais rápido da Intel, baseado na antiga arquitetura Westmere. O novo Core i7 custa 990 dólares para cada mil unidades, e irá competir com os processadores de oito núcleos FX da AMD, que começaram a chegar no mercado no último mês, e também são voltados aos jogadores.

A Intel e a AMD estão adicionando núcleos e aumentando as velocidades de clock num esforço para alcançar o lugar mais alto do pódio da performance. Em setembro, a AMD demonstrou um FX de oito núcleos rodando a 8.429 GHZ em um sistema, o que teria quebrado o recorde mundial, de acordo com a empresa.

Fonte: IDG News Service
%d blogueiros gostam disto: