Google Maps te ajuda a sobreviver ao iminente apocalipse zumbi

Nós maníacos mais informados e antenados sabemos que o fim esta próximo. Não sabe ainda com certeza se o planeta será obliterado por completo ao colidir com outro corpo no espaço, ou se será o efeito estufo, dilúvio, explosão nuclear, peste, invasão alienígena, etc. O fato é que apesar das incontáveis formas que o mundo tem de acabar, o mundo adota uma escolha como moda. Na década de 30 eram os monstros, na de 50 guerras nucleares, década de 70 pra frente eram os alienígenas e agora a moda é o apocalipse Zumbi.

O Google como empresa marota que é, e  que tem funcionários bem nerds, bem antenados, que sempre fazem ações divertidas e que lhe geram muita visibilidade.

Como uma pessoa que habita esse perigoso mundo de evoluções científicas e tecnológicas constantes, eu sonho ansiosamente tenho medo de qualquer dia me ver em meio a uma epidemia de um retrovírus que faz pessoas virarem zumbis comedoras de cérebros. Caso isso aconteça, seria o dia mais feliz da minha vida aqueles que permanecerem sem serem infectados podem contar agora com a ajuda de um site criado com a API do Google Maps para sobreviver e dar continuidade à raça humana. Conheçam o Zombie Survival Map.

A ideia do site, criado pela empresa Doejo, é listar itens que são essenciais à sobrevivência. Ele mostra de acordo com a sua localização, onde estão, por exemplo, os hospitais, os supermercados e até (no caso dos EUA) lojas de munição mais próximas, o que te garante vantagem sobre os pobres caçadores de cérebros. E bônus: ele funciona em dispositivos móveis também.

As áreas em vermelho são lugares onde existem altas chances de infestação zumbi, já que há uma concentração de pessoas. As áreas cinzas são parques ou áreas com florestas, onde os mortos-vivos podem não aparecer com tanta frequência. Também estão listados postos, torres de transmissão, shoppings e outros itens uteis durante esse tipo de desastre. Como você pode ver na imagem acima, o Tecnocenter está cercado de bons hospitais e existe até uma área cinza nas redondezas que podem servir de sede provisória para o nosso trabalho durante o desastre.

Você só precisa torcer para que a internet continue funcionando, a energia elétrica permaneça fluindo e os satélites de GPS não tenham saído de órbita. Caso esses três itens permaneçam não-afetados, as chances de você sair intacto a um apocalipse zumbi com a ajuda desse site são bem altas. Se eles falharem, sebo nas canelas e protocolo Bluehand na mão.

Fonte: Wired

Vida de Zumbi

Já falamos do Caue Moura antes aqui no The Share Maniacs. Ele é o responsável pelo Desce a Letra.

Agora ele ta bombando com o vídeo Vida de Zumbi

The Walking Dead terá jogo para o Facebook.

Depois do sucesso nos quadrinhos e na TV, os zumbis de The Walking Dead se preparam para conquistar o Facebook. A AMC, o canal de televisão norte-americano responsável pela produção do seriado, apresentou o jogo social AMC’s The Walking Dead: Social Game.

No jogo será possível interagir com os mesmos personagens da TV, representados em estilocartoon. Tudo é bem colorido e leve, perfeito para agradar os jogadores casuais. O sistema se baseia no recrutamento de amigos na rede social para se juntar a sua equipe com o objetivo de sobreviver à invasão zumbi. O anúncio adverte: cuidado para seus amigos não morrerem, as chances deles retornares como zumbi são grandes.

O lançamento está previsto para abril, e é necessário curtir a página do jogo para ser um dos primeiros a experimentá-lo sem qualquer tipo de custo.

Fonte: Techtudo

“Zumbis” causam pânico em universidade americana

Brincadeira de alunos da North Carolina State fez com que a polícia fosse chamada em campus.

(Fonte da imagem: Divulgação/Humans Vs. Zombies)

Policiais foram chamados duas vezes até a universidade North Carolina (Estados Unidos), após algumas pessoas que estavam no campus avistarem um sujeito caminhando com uma arma nas mãos. Nas duas ocasiões, não foram encontrados suspeitos, mas alguns dias depois tudo foi revelado. Realmente havia um aluno armado, mas ele estava com uma pistola NERF (que atira dardos de espuma).

O motivo? Ele fazia parte de uma partida de Humans Vs. Zombies, um jogo que coloca os membros de vários campi para fugirem de um zumbi. O morto-vivo, no caso, também seria um aluno e para não ser derrotado, ele precisa se alimentar de um ser humano a cada 48 horas (infectando mais pessoas na brincadeira).

Também existem os esquadrões anti-zumbis, que podem andar com armas de brinquedo (mas as regras do jogo proíbem que elas sejam realistas) para impedir que a infecção se alastre – é  caso do rapaz que falamos anteriormente. Para mais informações sobre Humans Vs. Zombies, clique aqui.

Fonte: Tecmundo
%d blogueiros gostam disto: