Selton Mello revela os Androids da Motorola para o Brasil em 2012

Sem querer querendo, a Motorola confirmou há pouco, via YouTube, os dois smartphones Android vazados dia no início da semana. No comercial estrelado por Selton Mello a fabricante norte-americana mostra seus aparelhos em situações cotidianas, confirma os rumores do Motosmart e Atrix TV e deixa a dúvida no ar: é esse o prometido lineup enxuto dela para 2012?

O comercial cita cinco smartphones, três deles já no mercado (RAZR, Fire e Defy Mini) e dois que ainda não foram lançados, Motosmart e Atrix TV. Aliás, nome confirmadíssimo esse último — é Atrix TV, nada de Motoluxe ou (o bizarro) Iron Max. Entramos em contato com a assessoria da Motorola para saber detalhes dos vindouros modelos — como preços e datas de lançamento — mas essas informações ainda não podem ser divulgadas.

No começo do ano, Motorola, HTC e Samsung prometeram lineups mais enxutos para 2012. Ante a tonelada de modelos que as três lançaram nos últimos anos, confundindo clientes com atualizações incrementais pra lá de tímidas e de motivação bem duvidosa e Android desatualizado para todo o sempre, foi uma promessa empolgante. A HTC chutou o balde com a linha One, a Samsung parece ainda não ter sarado do “efeito Gremlins” e agora, graças ao grande Selton Mello, parece que a estratégia da Motorola para o Brasil, com apenas cinco aparelhos, foi revelada. Só achamos estranho a manutenção do RAZR como carro-chefe por aqui, especialmente com HTC e Samsung prestes a elevar o nível entre os Androids high-end com One X e Galaxy S III. Se serve de consolo, lá fora também não há sequer rumores de um novo flagship da fabricante. E fica a questão: não teremos nem Milestone 4, nem Atrix 2 no Brasil?

Ah, e atente para o easter egg: aos 24s do vídeo, o RAZR aparece rodando o Ice Cream Sandwich. A Motorola prometeu a atualização, no Brasil, para o segundo trimestre. Já estamos nele. Agora vai?

Fonte: Morotola

Uma nova economia: os aplicativos mobile

Infográfico detalha desde o nascimento até o atual momento de uma economia que já criou mais de 466 mil emprego

As categorias mais populares de aplicativos móveis

Celular do Facebook… será verdade?

Você deve se lembrar do HTC Status, o “celular do Facebook” que sinceramente não fez jus ao nome. Agora o AllThingsD afirma que os rumores finalmente se tornarão realidade: um telefone do Facebook feito pelo Facebook. A coisa real. E ela continua não fazendo sentido algum.

AllThingsD  diz que “o telefone deve rodar uma versão modificada do Android que o Facebook mexeu e integrou completamente com seus serviços”. Se isso significa algo parecido com o que a Amazon fez com o Android no Kindle Fire, o resultado pode ser até bom. Mas se isso significa encher o Android com um bilhão de links do Facebook, aí a coisa pode ser bem caótica.

Mais eis o ponto mais urgente: quem precisa disso? Nós já não temos isso?  “O Facebook trabalhou para levar as coisas um passo a frente”, diz o AllThingsD, “permitindo upload de fotos direto do aplicativo de fotografia, ou integrando contatos do Facebook com a lista de telefones”. Tipo, exatamente o que o Windows Phone 7 faz? Ou como o webOS fazia quando estava vivo? Qual buraco Zuckerberg quer preencher com isso? E baseado nos apps de iOS e Android da rede social, não sei se devemos confiar na habilidade móvel da empresa. O Facebook faz certas coisas muito bem — há uma razão para sua simplicidade — mas software simples para um celular não parece uma delas. [AllThingsD]

%d blogueiros gostam disto: