Social game te da um ideia de como é ser um produtor musical

A área free do game é bacana, mas bem limitada, porém você pode comprar o resto por preço baixo, como os aplicativos de celular.

Os amantes do Songster, que mistura aplicativo musical de edição e jogo, já encontram o game disponível no Facebook. O internauta consegue criar músicas a partir de faixas pré-programadas. O usuário tem disponível um pequeno número de recursos disponível, mas com o tempo é possível comprar mais músicas para edição, com moeda virtual ou dinheiro real.

Songster permite montar canções baseadas em estilos como rock, hip hop, eletrônico e mais. Entre as opções de modificação estão faixas de vocal, guitarra, baixo e bateria. O game é criação de Marshall Seese, diretor da produtora Mowgli.

“Eu quis permitir a qualquer um não apenas a criação de sons, mas também de grandes músicas. Os jogos sociais me pareceram se encaixar bem neste conceito de criação de usuários”, comentou o produtor ao site Mashable.

Fonte: Mashable

Que tal um jantar GEEK hoje com seu amor?

Lançado recentemente em Tokyo, esse restaurante vai atrair os game maníacos do mundo todo. Trata-se do Capcom Bar, um espaço lançado pela empresa japonesa de games Capcom em parceria com a empresa de karaokê (Pasela) que conta não só com uma decoração toda voltada para o mundo dos games, mas também incluiu no seu cardápio receitas inspiradas em alguns jogos famosos. Um dos destaques fica para o bolo de cérebro de zumbi inspirado no jogo Residente Evil.

É ou não é um ótimo jeito de comemorar o Valentine’s Day?

Fonte: Hypeness

War no Facebook!!!

OMG OMG OMG, esta é a bomba do dia! Preparem-se para não dormir mais até 2013! Finalmente saiu uma versão de WAR (a.k.a o melhor jogo de estratégia do universo) para Facebook \o/

Na verdade, ele se chama Risk e foi feito pelas gigantes EA e Playfish. Mas, relaxa que o funcionamento é bem parecido com o do WAR original. Uma das principais mudanças é que os caras quiseram se adaptar ao mundo da internet, então ao invés de você simplesmente escolher uma cor, dá pra escolher entre as seguintes facções: gatos, zumbis, humanos, robôs e yetis. WHAT THE HELL né? Haha

É claro que os caras incorporaram todos esse conceitos de “social game”. Então tem todo aquele papo de você ter que ajudar seus amigos, dar energia pra eles, chamar quem quiser pro fight e blá blá blá. Mas, a melhor parte disso tudo, é que diferente do WAR original, não dá pra alguém se estressar e atacar o tabuleiro na parede 😛

Sério, se você gosta de jogo de estratégia, vale muito a pena testá-lo aqui.

%d blogueiros gostam disto: