Google Maps te ajuda a sobreviver ao iminente apocalipse zumbi

Nós maníacos mais informados e antenados sabemos que o fim esta próximo. Não sabe ainda com certeza se o planeta será obliterado por completo ao colidir com outro corpo no espaço, ou se será o efeito estufo, dilúvio, explosão nuclear, peste, invasão alienígena, etc. O fato é que apesar das incontáveis formas que o mundo tem de acabar, o mundo adota uma escolha como moda. Na década de 30 eram os monstros, na de 50 guerras nucleares, década de 70 pra frente eram os alienígenas e agora a moda é o apocalipse Zumbi.

O Google como empresa marota que é, e  que tem funcionários bem nerds, bem antenados, que sempre fazem ações divertidas e que lhe geram muita visibilidade.

Como uma pessoa que habita esse perigoso mundo de evoluções científicas e tecnológicas constantes, eu sonho ansiosamente tenho medo de qualquer dia me ver em meio a uma epidemia de um retrovírus que faz pessoas virarem zumbis comedoras de cérebros. Caso isso aconteça, seria o dia mais feliz da minha vida aqueles que permanecerem sem serem infectados podem contar agora com a ajuda de um site criado com a API do Google Maps para sobreviver e dar continuidade à raça humana. Conheçam o Zombie Survival Map.

A ideia do site, criado pela empresa Doejo, é listar itens que são essenciais à sobrevivência. Ele mostra de acordo com a sua localização, onde estão, por exemplo, os hospitais, os supermercados e até (no caso dos EUA) lojas de munição mais próximas, o que te garante vantagem sobre os pobres caçadores de cérebros. E bônus: ele funciona em dispositivos móveis também.

As áreas em vermelho são lugares onde existem altas chances de infestação zumbi, já que há uma concentração de pessoas. As áreas cinzas são parques ou áreas com florestas, onde os mortos-vivos podem não aparecer com tanta frequência. Também estão listados postos, torres de transmissão, shoppings e outros itens uteis durante esse tipo de desastre. Como você pode ver na imagem acima, o Tecnocenter está cercado de bons hospitais e existe até uma área cinza nas redondezas que podem servir de sede provisória para o nosso trabalho durante o desastre.

Você só precisa torcer para que a internet continue funcionando, a energia elétrica permaneça fluindo e os satélites de GPS não tenham saído de órbita. Caso esses três itens permaneçam não-afetados, as chances de você sair intacto a um apocalipse zumbi com a ajuda desse site são bem altas. Se eles falharem, sebo nas canelas e protocolo Bluehand na mão.

Fonte: Wired

Batalha épica entre Street Fighter e Mortal Kombat. Só que dançando?

Pois é maniacos, o fim do mundo esta chegando, e com isso estamos testemunhando sinais do apocalipse iminente.

Todos sempre ansiaram por um embate envolvento Street Fighter e Mortal Kombat. Pois é, eu achei este vídeo na rede. Mas tenho a ligeira impressão de que são pessoas fantasiadas. Alguém pode me dizer se estou certo?

Se liga na tosqueira!

Retrospectiva Twitter Brasil 2011

Uma das coisas mais interessantes do Twitter sempre foram os Trending Topics. Eles funcionam como uma espécie de termômetro do mundo e das opiniões das pessoas em tempo real. Tuitaços, hashtags, polêmicastudo vai parar lá naquela listinha tão cobiçada e observada.

Fazer uma retrospectiva dos principais TTs é também lembrar os principais fatos, tendências e acontecimentos do ano. Fazendo um cruzamento entre número de aparições + posição fornecidos pelo TTbr.info E a nossa avaliação sobre a relevância de cada termo pro escopo geral da nação brasileira, selecionamos aqueles termos e hashtags que marcaram os Trending Topics BR em 2011.

Nem tudo o que bombou está nessa lista, mas tudo o que foi relevante pra ajudar a gente a entender esse grande reality show cultural chamado Twitter está aí. Relembre o que foi mais importante junto com a gente…

UFC | ANDERSON SILVA

O UFC é um dos esportes que mais cresce no Brasil, afinal de contas todo mundo gosta de porrada. Desde o ano passado, ele se tornou um negócio milionário e campeão de audiência. As lutas criaram verdadeiras imagens de heróis brasileiros, como Anderson Silva (principalmente após vencer o Vitor Belfort). Como no Twitter todo mundo é torcedor, narrador e comentarista esportivo, não é difícil imaginar porque cada luta foi parar nos TTs.

#SANDYFACTS

  • Sandy e variados: 09 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

A Sandy é uma das pessoas mais polêmicas por acidente desde… sempre. Mas 2011 foi um dos anos em que ela mais causou: foi garota-propaganda da Devassa e deu uma entrevista controversa pra Playboy. Outra pessoa que ajudou todo mundo a zuar a Sandy, foi a @carolsnowhite, que fez os covers mais improváveis imitando a Maria Chiquinha. 😛

REBECCA BLACK

  • 16 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter
  • FUN FUN FUN: 03 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

Não há sombra de dúvidas de que a maior webceleb do mundo esse ano foi ela! A garotinha mais famosa do AutoTune conseguiu ser lembrada em basicamente todas as sextas-feiras do ano, gerou vários memes e é claro: não saiu dos Trending Topics do mundo inteiro, inclusive dos brasileiros. Ela é a pessoa que ficou mais dias nos TTBr, é considerada o maior meme do ano pelo Know Your Meme e conquistou nossos corações. ❤

#100FACTSABOUTME

  • 09 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

As pessoas simplesmente amam falar sobre elas mesmas, principalmente no Twitter. Tem muita gente que ainda leva ao pé da letra esse conceito de microblog e quer mostrar sua vida inteira. Essa hashtag, cujo objetivo era exatamente fazer que as pessoas tuitassem CEM fatos sobre elas, é a melhor prova disso. Haja amor próprio…

BOLSONARO

  • 04 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter
  • Fora Bolsonaro:02 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

Graças às suas declarações homofóbicas e racistas, o deputado coxinha conseguiu levantar várias. Cada vez que ele falava algo era batata: seu nome estava nos TTBr. As pessoas curtem mesmo uma polêmica né? Afinal de contas, só isso justifica comentarem tanto sobre ele.

EDUARDO & MÔNICA | PÔNEIS MALDITOS

Esse ano a publicidade fez vídeos mega virais. Alguns deles foram fenomenais, tanto no sentido de viralização , como em aprovação da galera. Essas duas peças quase não sairam dos TTBr, ganharam vários prêmios e estão ai pra provar como a web é um terreno fértil pra publicidade.

#MARCHADALIBERDADE

  • Marchas no geral (da Liberdade, das Vadias, etc): 05 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

2011 na internet também pode ser conhecido como o ano das marchas. Xingamos muito na internet, fizemos tuitaços, discutimos revolução do sofá e tudo mais. A #marchadaliberdade foi uma das primeiras marchas a emplacar TTBr e unir pessoas em torno de uma hashtag ativista. Os resultadis podem ser discutíveis, mas é interessante ver como estamos usando a internet pra protestar cada vez mais. Não por acaso, a Time elegeu o “todos que protestaram” como personalidade do ano.

PAN

  • Pan: 15 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

Os jogos Pan-Americanos foram um dos maiores eventos do ano. Uma competição esportiva desse porte não podia passar em branco. Ainda mais com tantos comentaristas torcedores e piadistas de Twitter, emplacando tantos dias #PAN2011 nos TTBr.

#INVENTEUMORGULHO

  • Orgulhos no geral (hétero, gay, restart, etc): 34 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

Orgulho hétero, nerd, gay e vários outros bombaram esse ano. As pessoas gostam de ter, expôr e impor seus orgulhos. Vale dizer que muito dessas discussões veio por causa da invenção do Dia do Orgulho Hétero. Tudo isso vira polêmica, que se torna tuíte, piada e hashtag.

#FIMDOMUNDO

Só esse ano o mundo acabou pelo menos 3 vezes. Cada fim do mundo foi especial e, enquanto o planeta não acaba de verdade as pessoas vão brincando de inventar hashtags engraçadas pros apocalipses fakes. 😛

#FORARICARDOTEIXEIRA

  • 03 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

Um dos maiores tuitaços que tivemos esse ano. Foi TTBr, mas por pouco tempo e todos suspeitaram que o Twitter tenha censurado a hashtag. Então todo mundo começou a questionar os Trending Topics, incomodaram o presidente da CBF e representaram mais um episódio de revolta, sem sair do sofá.

“GENTE DIFERENCIADA”

  • 01 dia entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

Moradores de Higienópolis (bairro chique de São Paulo) reclamaram da construção do metrô no bairro, pois ele daria acesso a “gente diferenciada”. O elitismo dessas declarações é tão absurdo que logo virou piada/revolta da galera. No Facebook e no Twitter, várias pessoas se organizaram para criar o genial “churrasco de gente diferenciada“. O resultado foi sensacional.

#ESCOLHIESPERAR

  • Escolhi esperar e variações:: 06 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter
  • Escolhi fornicar e variações:02 dias entre os 20 assuntos mais comentados doTwitter

O movimento de jovens religiosos que optou por esperar até o casamento também fez barulho pra caramba.  É questão religiosa, moral, e tem bastante gente que discorda e #escolheufornicar. O resultado são as pessoas discutindo o assunto no Twitter até a questão ficar bastante tempo em evidência.


//ARTISTAS POP

Quem dominou mesmo os TTBr desse ano foram os artistas pop, que fazem a molecada tuitar loucamente como se não houvesse amanhã. Todo mundo sabe que quase todos os dias tinha algum trending topic fazendo referência a essa galerinha. Então, resolvemos listar os que mais apareceram, considerando os assuntos relacionados:


Justin Bieber 39 dias
Luan Santana 36 dias
Lady Gaga 29 dias
Restart 27 dias
Britney Spears 26 dias
Demi Lovato 22 dias
Miley Cyrus 19 dias
Ivete Sangalo
17 dias
Jonas Brothers 15 dias
Claudia Leitte 14 dias
Pe Lanza 13 dias
Dulcer Maria 8 dias

Fonte: YouPix

11/11/11 11h 11m 11s

Se você esta lendo esta publicação, pode comemorar! Mais uma vez o mundo não acabou!!!

Que venha o próximo fim do mundo…

Fim do mundo previsto pelos maias é um erro de interpretação

Segundo especialista, para essa civilização não existia a concepção de fim do mundo, por sua visão cíclica do tempo

Bogotá – O prognóstico maia do fim do mundo foi um erro histórico de interpretação, segundo revela o conteúdo da exposição ‘A Sociedade e o Tempo Maia’ inaugurada recentemente no Museu do Ouro de Bogotá.

O arqueólogo do Instituto Nacional de Antropologia e História do México (INAH) e um dos curadores da mostra, Orlando Casares, explicou à Agência Efe que a base da medição do tempo desta antiga cultura era a observação dos astros.

Eles se baseavam, por exemplo, nos movimentos cíclicos do sol, da lua e de Vênus, e assim mediam suas eras, que tinham um princípio e um final.

‘Para os maias não existia a concepção do fim do mundo, por sua visão cíclica’, explicou Casares, que esclareceu: ‘A era conta com 5.125 dias, quando esta acaba, começa outra nova, o que não significa que irão acontecer catástrofes; só os fatos cotidianos, que podem ser bons ou maus, voltam a se repetir’.

Para não deixar dúvidas, a exposição do Museu do Ouro explica o elaborado sistema de medição temporal desta civilização.

‘Um ano dos maias se dividia em duas partes: um calendário chamado ‘Haab’ que falava das atividades cotidianas, agricultura, práticas cerimoniais e domésticas, de 365 dias; e outro menor, o ‘Tzolkin’, de 260 dias, que regia a vida ritualística’, acrescentou Casares.

 

Fonte: Revista Exame

%d blogueiros gostam disto: