A cadeia de (DES)consumo

Numa cadeia desenfreada de consumo nos preocupamos com nossos desejos. As necessidades básicas. Nem lembramos. O que importa é o desejo. O modelo de negócio do mercado é baseado em EXTRAÇÃO – PRODUÇÃO – CONSUMO – DESCARTE, num ciclo que tem fim. Onde é o fim? O fim é no planeta!O novo modelo pede a extração (PLANEJADA) – produção (SOB DEMANDA) – consumo (CONSCIENTE) – e ao invés de descarte – REAPROVEITAMENTO – REÚSO.Tão simples como tão complexo. Não quer dizer para parar de produzir, parar de consumir e de desejar. Mas o novo modelo pede um fator fundamental: inteligência. Para pensar antes de agir.Pense nisso! Quais são as suas opiniões sobre esta cadeia de consumo e a relação das pessoas com produtos, serviços, marcas? Até que ponto podemos chegar?

Pensei nisso ao rever  “Ilha das Flores”, o impactante documentário de Jorge Furtado sobre as relações de consumo e produção, cujo link disponibilizo logo abaixo. Enjoy it.

Sobre Ale Rodriguez
PP inspirado em compartilhar informações, ideias, tendências em que acredito. Maníaco por natureza, quando o assunto é música, cinema e marketing.

Fazer um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: