Batman e… Jagger?

Bom, até o Batman entrou na onda da música “Moves Like Jagger” do Maroon 5.

Nananananananana! E aí gostou?

O MegaUpload está de volta!

Depois de ter sido tirado do ar pelos federais americanos o MegaUpload esta de volta, porém ainda sem um domínio por motivos óbvios.

Basta acessar por: http://109.236.83.66/

Um tapa na cara da SOPA!

Gadgets para nerds que curtem cerveja

Sabemos que muitos dos NERDs não dispensam uma cervejinha nos fins de semana. Que tal, então, combinar duas grandes paixões: a cerveja gelada e os gadgets? Foi mais ou menos isso que o pessoal do blog Eu Bebo Sim fez (dica de Alvin Shiguefuzi). Confira a lista abaixo e adicione um toque tecnológico ao momento do bar com os amigos!

gadget01

Começamos pelo Opena Case, que nada mais é do que um case para o iPhone 4 que conta com um abridor de garrafas integrado. O case é tão bem bolado que o abridor, localizado na parte interna, se integra ao aspecto visual do telefone. Os interessados podem solicitar o envio para o Brasil no site oficial do produto. Preço: AUS 39,95, ou R$ 75 segundo a atual cotação do dólar australiano (16/01).

gadget02

O Beer Savers tem um objetivo muito simples: “salvar” a cerveja que ainda está na garrafa. Vamos supor que você tenha aberto aquela gelada antes do jogo de futebol na areia. Você não vai querer desperdiçar o líquido restante na garrafa, certo? Logo, uma solução bem simples e eficaz são essas tampinhas, que evitam o desperdício. Você pode adquiri-las também através do site oficial. Preço: US$ 6,99, ou cerca de R$ 13, o kit com seis tampinhas (ou six-pack).

gadget03

O Mugen Beer tem mais efeito moral do que colateral. Ele é um chaveiro com um mecanismo que simula a abertura de uma latinha. Quando você puxa a alavanca, ele reproduz o som de uma lata de cerveja gelada se abrindo. Tá, não é lá muito útil para matar a sua sede, mas, se você estiver no escritório em uma sexta-feira, já pode começar a preparar o seu paladar. Ele está a venda na Amazon. Preço: US$ 9,95, aproximadamente R$ 18.

gadget04

O Beer Hour é um gadget que muitos gostariam de ter em casa. Ele é um adaptador com dispenser integrado, que facilita todo o processo de servir a cerveja para seus amigos. Em vez de abrir a lata pelo modo tradicional, tudo o que você precisa fazer é encaixá-la no adaptador, acionar uma chave, e pronto! Cerveja sendo servida pelo dispenser. Simples, prático e original. Você pode adquirir o dispositivo pela Japan Trend Shop. Preço: US$ 37, ou R$ 66.

gadget05

Por fim, o Beer Vap Catcher pode até parecer exagerado no tamanho, mas cumpre uma importante missão: recolher, de forma eficiente, todas as tampinhas das cervejas que você consumiu. O produto conta com um compartimento específico, que automaticamente recolhe as tampinhas. Ao final do uso, é só jogar fora (ou colocar as preciosas na coleção). Disponível aqui. Preço: US$ 9,99, aproximadamente R$ 18.

Fonte: Eu Bebo Sim

Tributo à um MEME relâmpago

Todo mundo esta triste, menos a Luiza que esta no Canadá pois o segundo MEME do ano foi provavelmente o mais curto da história.

Em homenagem a Luiza, que não esta mais no Canadá.

Em retaliação Anonymous tira do ar sites do FBI, Casa Branca, RIAA e outros

O grupo de hackers Anonymous retomou os ataques na noite desta quinta-feira, após breve período de silêncio.

O grupo Anonymous voltou à ativa e entrou em ação de forma bruta: os ativistas derrubaram diversos sites ligado ao combate contra à pirataria. Nessa lista, se inclui o site do FBI, do DoJ (Departamento de Justiça Americano), da Casa Branca, da MPAA, da Universal Music e da RIAA. Foi o maior ataque já visto: em 20 minutos foram 10 sites derrubados, de acordo com o grupo.

O anúncio foi feito através do perfil no Twitter do Anonymous, e os ativistas continuam atualizando o perfil pedindo ajuda para continuar as operações. De qualquer forma, foi uma resposta grande o suficiente para manifestar o protesto.

A causa de tudo isso é o desligamento do Megaupload por parte de uma operação do FBI, que prendeu onze funcionários do site de compartilhamento de arquivos. O FBI chega a acusar o site  de uma organização criminosa que possui membros infringindo direitos autorais e lavagem de dinheiro.

Até o término desse artigo, os sites do FBI e da Casa Branca retornaram ao ar, bem como o Departamento de Justiça. Entretanto, o site do MPAA, RIAA e Universal Music (americana e francesa) permanecem offline.

Posso dizer que essa onda de ataques também serve como um protesto ao SOPA, projeto de lei americano que torna crime o download de conteúdo com direitos autorais pelos quais não se pagou.

Para derrubar os sites, o Anonymous usou a técnica de negação de serviço – neste tipo de ataque, milhares de requisições são enviadas aos servidores atacados, que saem do ar por causa da quantidade de requisições.

 Além do governo americano, o grupo também atacou empresas que apoiam o projeto Sopa, uma lei que tramita no governo americano para punir com severidade os sites de compartilhamento de arquivos.

Entre as páginas atacadas está a do FBI, bem como da Universal Music, da Motion Picture Association of America e da Associação da Indústria de Gravação da América.

O grupo nomeou o ataque de #OpMegaupload e #OpPayback. Segundo informações do próprio grupo, cerca de 5 mil hackers participaram da ação, considerada uma vingança ao governo americano.

Férias de publicitário

Caricaturas de celebridades

O artista francês Geoffroy Anthony fez uma série inteira de “caricaturas de celebridades que acabou por ser magníficas obras de arte.
Consegue identificar todos?

Escreva os nomes das celebridades que você conseguir reconhecer nos comentários!

%d blogueiros gostam disto: